Buraco corintiano



Conselheiros corintianos querem uma nova auditoria na arena em Itaquera para saberem o tamanho do buraco nas finanças do clube e como irá quitar a construção do estádio.

Os números apresentados até agora são conflitantes e o estádio é um dos alvos da Lava Jato, até porque construído pela Odebrecht.

Além disso, para melhorar os dados econômicos do Timão, a direção diz ter retomado contatos para vender os naming rights do estádio, novela que se estende há pouco mais de seis meses.

Ela estaria em contato novamente com dois grupos árabes e um holandês, mas os valores estariam na casa de R$ 250 milhões a R$ 300 milhões, mais baixos do que os R$ 400 milhões veiculados por Andrés Sanchez em 2011.

Apesar da esperança de alguns dirigentes de fechar negócio ainda no primeiro semestre, muitos veem com descrença as negociações.



MaisRecentes

Não vai ter Copa?



Continue Lendo

O escândalo de Platini



Continue Lendo

Fernando Diniz na berlinda



Continue Lendo