O temor de Thiago Silva



Thiago Silva tem receio de ficar marcado por mais um “apagão” em sua carreira, a amarelada que o PSG deu ontem diante do Barcelona, levando de seis e deixando escapar a vaga para a próxima fase da Liga dos Campeões nos instantes finais.

E a comissão técnica da Seleção também está preocupada com o zagueiro, que demonstrou desequilíbrio emocional na Copa de 2014 e também na Copa América do ano seguinte, chegando a chorar em campo em Belo Horizonte e evitando ver as cobranças de pênaltis entre Brasil e Chile tal seu estado de nervos.

Diante do Barça chegou a dizer que é difícil parar Neymar, endiabrado como o atacante estava, e evitou usar a arbitragem como desculpa pelo fiasco.

Convocado para os dois próximos jogos do Brasil pelas eliminatórias da Copa da Rússia, Thiago Silva deve receber atenção especial de Tite, que ontem esteve no Maracanã vendo a estreia do Flamengo na Libertadores e de outros membros da comissão técnica da Seleção. Mais do que seu estado físico e técnico a inquietação é mesmo em relação a seu equilíbrio emocional (ou falta dele) para seguir atuando pela Seleção.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo