A volta da Mancha



Com Paulo Nobre distante do comando do Verdão, a Mancha Alvi Verde voltou com tudo ao dia a dia do clube e deve retomar todas as regalias que tinha antes da gestão do ex-presidente.

Sob a batuta de Maurício Galiotte, sucessor de Nobre na presidência do Palmeiras, dirigentes da organizada dão como certa uma cota de ingressos para jogos fora de São Paulo, além de ajuda para acompanhar o time em todos os jogos na Libertadores, prioridade do Verdão em 2017.

A Mancha tem ótima relação não só com o atual mandatário, mas também com os patrocinadores do Palmeiras, que também tinham e ainda têm muitas rusgas com Nobre. E conta até com auxílio de um e de outros para disputar o Carnaval paulistano, no final do mês.

Seu acesso ao clube também já estaria sendo facilitado e até uma linha entre a uniformizada e jogadores e comissão técnica teria sido estabelecida, o que acho complicado pacas e vejo como um retrocesso no Palestra.

Nobre, a meu ver, fez bem em cortar todas as regalias da organizada, que prejudicou demais o clube em algumas partidas e alguns campeonatos, brigando e fazendo o time perder mandos importantes de campo. Sem falar que chegou a ameaçar e a agredir jogadores, o que culminou no rompimento com Nobre, após jogo pela Libertadores na Argentina, há quase quatro anos.

Uma pena. Novos tempos, velhos condutas…



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo