A ira do Fogão



A notícia de que o Corinthians teria procurado Jair Ventura, um dos alvos do clube para 2017, deixou a diretoria do Botafogo muito irritada.

O Fogão diz que já tinha acertado com o treinador que continuasse comandando o clube pelos próximos três anos e que a ideia era mesmo (e ainda é) desenvolver um trabalho de longo prazo. E acha uma total falta de respeito o Timão sair atrás de profissionais que tenham contrato ou acordo com outras agremiações.

Quando Tite deixou o Corinthians, Roberto de Andrade fez um desabafo e acabou com a CBF, dizendo que a entidade e Marco Polo Del Nero agiram muito mal ao irem atrás do técnico sem darem qualquer satisfação ao clube paulista.

O Corinthians, enfim, sentiu-se desrespeitado pela confederação. Como o Botafogo, agora, também se sente pelo Corinthians. E não é o único. Até porque Jair Ventura não foi o único profissional com contrato e/ou acerto verbal com outra agremiação a ser procurado. Sem que ela fosse procurada.

Pimenta nos olhos dos outros é refresco. Ou pelo menos parece ser no caso de Roberto de Andrade, o presidente do Timão que tem dado uma bola fora após a outra. E continua no cargo. Até quando não sabemos.

Mais dias difíceis pelos lados do Parque São Jorge. E estamos longe do fundo do poço. O pessoal, afinal, não para de cavar…



MaisRecentes

Elogios a Loss



Continue Lendo

Não vai ter Copa?



Continue Lendo

O escândalo de Platini



Continue Lendo