Minutos de silêncio



Pausa às vezes não só é necessária como extremamente importante.

Ainda chocado com o desastre na Colômbia fico pensando no futebol, na morte (e na vida) e no acaso, com o qual talvez nunca estejamos preparados para lidar.

Tite gosta que lhe desejem bom trabalho, não boa sorte, mas às vezes um pouco de sorte é preciso também. Ou um muito. Com sorte atravessamos o mundo, sem sorte não atravessamos a rua.

Fico pensando se Danilo não tivesse defendido aquela última bola no jogo contra o San Lorenzo… Mas o “e se” não existe…

Dor é uma coisa única, pessoal e intransferível, mas pode ser amenizada com gestos de solidariedade. E eles são possíveis e necessários num momento como esse, gestos como os dos colombianos, que têm sido incríveis com os brasileiros desde que aconteceu o acidente.

Meus pensamentos ficam com aqueles que partiram e com os que ficaram também e lutam tão ferozmente para se manter vivos. E com todos seus amigos e familiares.

Viver é preciso, mas as pausas e os instantes de silêncio e reflexão, também.

Até por isso vou dar uma “parada” para me recuperar até domingo e retomo o blog na segunda (5). Um abraço a todos e até lá, João Carlos

PS. Que as investigações sobre as causas dos acidentes prossigam num bom caminho e que as responsabilidades pela queda do avião sejam apuradas e identificadas.



MaisRecentes

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo