Polêmica no Sul



Não é só no Inter, na zona de degola do Brasileirão, que o clima anda tumultuado. Pelos lados do Grêmio, apesar de o time estar na final da Copa do Brasil, o ambiente tampouco é dos mais tranquilos. Um grupo de conselheiros tem questionado a direção sobre a decisão de Renato Gaúcho de abandonar o Brasileiro, quando o time tinha e ainda tem chances de ficar entre os sete primeiros e garantir uma vaga na Pré-Libertadores, mesmo que perca a final da outra competição para o Atlético-MG.

Renato Gaúcho gosta de priorizar uma competição, como já chegou a fazer com o Fluminense, por exemplo, quando investiu tudo na Libertadores, mas perdeu a final, na década passada, para a LDU, do Equador.

Agora faz o mesmo com a Copa do Brasil, vide o que aconteceu segunda, quando seu time levou de três do Sport, em casa, gerando revolta de muitos gremistas, que chegaram a dizer que está brincando com a vaga na Libertadores. Fora as insinuações de que teria entregado o jogo para prejudicar o Inter na “torcida” pela queda do principal rival do Grêmio…

Se não ganhar a Copa do Brasil, onde todas as fichas agora estão depositadas, Renato Gaúcho que se cuide… Porque o clima tende a pesar ainda mais pro seu lado… Aposta arriscada…



  • Nathan

    Janca, Acho que não deu a intender que entregou o jogo… mais se você notar, os poucos titulares queriam que os reservas ou da base fizessem tudo, defender, atacar e ditar o ritmo da partida. Se ao meu ver, tivesse entrado com todos os reservas, a entrega seria maior; pois os que tinham uma oportunidade de mostra o jogo da vida deles, estavam na reserva ou na base. Eu sou a favor de titulares e bons reservas, 22 jogadores de peso numa equipe, incluindo os da base; mais ou entra com 11 titulares ou 11 reservas. Poupar jogadores ou escalar mistão, enfraquece um time, porque mesmo faltando um titular só Janca, se perde por um detalhe destes um jogo…

  • Nathan

    Janca, Acho que não deu a intender que entregou o jogo… mais se você notar, os poucos titulares sempre irão preferir que os reservas ou da base façam tudo, como defender, atacar ou ditar o ritmo de uma partida. Se ao meu ver, Renato Gaúcho tivesse entrado com todos os reservas, a entrega seria maior; pois, se os que tinham uma oportunidade de mostra o jogo da vida deles, estavam na reserva ou na base. Eu sou a favor de se ter titulares e bons reservas, 22 jogadores de peso numa equipe, incluindo os da base; mais ou entra com 11 titulares ou 11 reservas. Poupar jogadores ou escalar mistão, enfraquece um time, porque mesmo faltando um titular só Janca, pode se perder, por um detalhe destes uma partida…

MaisRecentes

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo

O título do Timão



Continue Lendo