A volta de Dinamite



Roberto Dinamite, que diz que há dois anos não frequenta São Januário e não se mete mais na política do clube carioca, voltou, segundo integrantes da oposição vascaína, a se mexer nos bastidores para lançar candidato contra Eurico Miranda ano que vem.

Insatisfeito com a fase instável do time na Série B, com o título cada vez mais distante e a própria volta à Série A sob ameaça, Dinamite não estaria gostando nada da gestão de Eurico, que o sucedeu na presidência.

Eurico segue com o discurso de que pegou o Vasco em frangalhos, destruído após a administração de Dinamite, e que o retorno à elite do futebol brasileiro é questão de dias. Ou semanas. E que não está em risco. Que o Vasco sobe, sim, tanto que já planeja o 2017 do clube de São Januário na Série A.

A oposição vascaína, porém, está dividida e, apesar da tentativa de alguns de lançar chapa única contra a situação no ano que vem, a ideia é que o candidato não seja alguém atrelado a Dinamite, cujas gestões também foram contestadas internamente.

Nas arquibancadas de São Januário Eurico tem sido xingado pela torcida e conselheiros, mas o nome de Dinamite está longe de ser popular entre alguns dos críticos da atual gestão. Teria tanta resistência quanto o de seu maior desafeto no clube.



MaisRecentes

A falta de um líder



Continue Lendo

Haja coração!!!



Continue Lendo

Cânticos brasileiros



Continue Lendo