Exigência são-paulina



A diretoria do São Paulo costuma dizer que a pressão e a crise instalada no Morumbi não chegam aos jogadores e comissão técnica na Barra Funda, mas a história não é bem assim.

Ontem cedo, antes de o time embarcar para Recife, onde hoje à noite enfrenta o Sport, na Ilha do Retiro, a ordem chegou explícita a Ricardo Gomes. Ela quer ver o Tricolor mais ofensivo e rendendo melhor do meio para a frente. Nos próximos dois jogos, além do de hoje semana que vem a equipe enfrenta o Santos, no Pacaembu, a exigência é conseguir quatro pontos, afastando-se um pouco da incômoda posição em que está no Brasileirão.

Nas últimas três partidas o São Paulo não venceu, perdendo duas e empatando uma, tampouco marcou gols.

Ricardo Gomes tem reclamado para a direção de falta de opções para o ataque, o que justificaria a colocação do time, quatro pontos à frente da zona de rebaixamento.

O confronto contra os pernambucanos é uma disputa direta entre dois times que lutam para não cair. O de SP com 35 pontos, o Sport, com 33.



  • fabio

    Precisamos de um técnico de verdade! Que tal Luxemburgo ou Roger, ex-Grêmio?

MaisRecentes

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo

O título do Timão



Continue Lendo