As apostas do Santos



Diferentemente do ano passado, quando abandonou o Brasileirão para concentrar todas as forças na Copa do Brasil, a diretoria do Santos avisou a comissão técnica que agora o Peixe não deve priorizar nenhuma das duas competições. Que vai tentar a vaga para a Libertadores em ambas.

Em 2015 o time chegou à final da Copa do Brasil, mas largou o Nacional, e, ao perder a decisão para o Palmeiras nos pênaltis, ficou fora da Libertadores. A decisão de abandonar o Brasileiro, usando reservas na etapa derradeira do torneio, gerou controvérsia depois.

Apesar de não ter um elenco forte e de ter perdido o atacante Gabriel para o futebol europeu, a direção do Santos acha que dá para avançar na Copa do Brasil (venceu o Vasco por 3 a 1 no jogo de ida das oitavas de final) e voltar ao G4 do Brasileirão. O Peixe está a um ponto do Corinthians, o quarto colocado do torneio, e empatado com o Grêmio, que também sonha com o G-4 e tem um jogo a mais para fazer.

Vale lembrar que o Flamengo, que está no G4, deixou a Sul-Americana de lado no seu primeiro jogo das oitavas de final, escalou um monte de reservas e perdeu por 4 a 2 para o Figueirense fora de casa. Com o time principal no Brasileirão ganhou da Chapecoense no campo adversário. Resolveu priorizar o Nacional, algo que o Santos diz que não fará. Mas tampouco dará prioridade à Copa do Brasil…



MaisRecentes

Galo pega fogo



Continue Lendo

Cornetas no Palestra



Continue Lendo

Grêmio ainda reclama



Continue Lendo