Alerta no Timão



A invasão do CT do São Paulo no último sábado acendeu o sinal amarelo pelos lados do Parque São Jorge. A diretoria corintiana teme que algo parecido aconteça nos próximos dias ou semanas com o Timão. O motivo é o descontentamento das principais organizadas do clube com os rumos do time nos últimos tempos.

A pressão pela saída de Cristóvão Borges é grande e as reclamações por conta da nova debandada de atletas para o exterior também não são poucas. Fora que as uniformizadas têm cobrado do presidente Roberto de Andrade e do ex André Sanchez notícias sobre a venda dos direitos de nomear o estádio em Itaquera, novela que se estende há quatro anos e meio.

Pelo sim, pelo não, interlocutores da direção corintiana procuraram algumas lideranças da torcida para dialogar e pedir uma trégua até o clube se reorganizar. E o reforço na segurança dos treinos do time e também de alguns atletas já foi providenciado.

Apesar do desastre que foi a equipe em Campinas, sábado, ela foi beneficiada pelo tropeço de alguns rivais diretos pela briga por vagas na Libertadores, caso do Santos, que perdeu em casa para o Figueirense. Mesmo assim a derrota para a Ponte, por 2 a 0, foi considerada a pior atuação do Timão nas mãos de Cristóvão Borges, que segue sendo hostilizado (injustamente, a meu ver) jogo após jogo.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo