Fim da parceria?



No meio olímpico já é dado como certo o fim da parceria entre a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos e os Correios depois dos Jogos do Rio.

Em forte crise financeira os Correios vão reduzir os investimentos e a ideia é deixar de patrocinar o esporte, algo que faz há mais de duas décadas.

A Petrobras também deve cortar investimentos na área esportiva, mas manter os culturais, com receio de que os artistas comecem a protestar e ganhem muito espaço na opinião pública, manchando ainda mais a imagem da estatal, na lama desde que começou a Operação Lava-Jato.

Vale lembrar que os artistas têm mais poder de mobilização do que os esportistas, que perderão força e espaço depois da Olimpíada.

A hora da ressaca, infelizmente para nossos esportistas, está para chegar. É questão de semanas.



MaisRecentes

Revolta corintiana



Continue Lendo

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo