Pintado escolhido?



O São Paulo já definiu que procurará uma solução caseira caso Edgardo Bauza deixe mesmo o Tricolor na mão. O nome mais cotado é o de Pintado, assistente-técnico do treinador, embora a saída possa ser recorrer à base.

Bauza sonha em dirigir a seleção argentina e semana passada conversou com dirigentes do futebol de lá para vender seu peixe e tentar fechar um acordo.

Apesar de ter tido aval da diretoria são-paulina, a ida do treinador à Argentina causou indignação entre dirigentes e conselheiros tricolores, que acham que o clube virou refém de Bauza. A presidência não para de contratar atletas pedidos pelo técnico, cujo trabalho tem sido criticado por muitos pela falta de resultados e padrão técnico da equipe. Se ele de fato sair não se sabe o que será feito dos novos contratados…

Semana passada, assim que Bauza se mandou para a Argentina, o primeiro e único nome cogitado para seu lugar foi o de Mano Menezes. Mas Mano estava longe de ser unanimidade no Morumbi, fosse pelo trabalho risível na Seleção, fosse pela ligação com o Corinthians.

Com Mano acertando com o Cruzeiro, a diretoria decidiu que, caso Bauza de fato pegue o chapéu e se mande, Pintado poderá ficar em seu lugar até o final do Brasileiro, em que o São Paulo faz campanha de média para fraca, e da Copa do Brasil. E com calma será iniciado o planejamento para 2017, já que 2016, para o Tricolor, até aqui não tem sido um ano bom. Muito longe disso.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo