Crise com Pato



O retorno de Alexandre Pato ao Corinthians e o desejo de Cristóvão Borges de utiliza-lo como titular já no próximo sábado, diante do Figueirense, deixaram o clima pesado no Corinthians.

Pelo menos dois jogadores demonstraram descontentamento com a volta do atacante e, mais do que isso, com o salário que ele recebe. Os vencimentos de Pato chegam a R$ 800 mil mensais, o que o torna o jogador mais bem pago do elenco.

A diretoria do Timão bem que tentou renegociar os valores, mas não conseguiu, já que o atleta, que estava no Chelsea, não aceita nem falar em redução salarial.

A direção admite que Pato foi um péssimo negócio para o Corinthians e queria que ele defendesse algum outro clube, mas o atacante, que teve propostas da China, preferiu mesmo voltar para o Brasil.

Sua situação é complicada não só com os companheiros, a diretoria e a comissão técnica, mas também com a torcida, que não se esquece da polêmica cavadinha em decisão por pênaltis contra o Grêmio, em 2013, pela Copa do Brasil, que acabou eliminando o Timão da competição.

Cristóvão Borges, no entanto, acha que Pato é ótimo jogador , artilheiro nato e que tem lugar na equipe. Insiste que deve ser aproveitado sim e ainda dará muita alegria aos corintianos. Pelo menos até dezembro, quando termina o Brasileirão e seu contrato com o Timão.



MaisRecentes

Fernando Diniz na berlinda



Continue Lendo

Deuses da Bola



Continue Lendo

Galo pega fogo



Continue Lendo