Cássio e Tite



Preocupado com a má fase em que vive e com sua situação no Corinthians, além de cada vez mais longe da Seleção, Cássio quer se reaproximar de Tite.

O goleiro, que passou à reserva no Timão com o próprio Tite e desabafou publicamente sobre o fato de ter ido parar no banco, admite que não atravessa um bom momento e atribui o fato a problemas pessoais e familiares.

Acha, porém, que tem crédito com a torcida e também com seu ex-treinador, que hoje comanda a Seleção Brasileira.

Para Cássio, se Tite chegasse à Seleção ele acabaria sendo o goleiro do Brasil e certamente lembrado nas convocações. Mas depois que se desentendeu com a comissão técnica corintiana e não digeriu bem a reserva no Timão acredita que tem poucas chances de realizar seu sonho.

Para recuperar sua imagem com seu ex-treinador, Cássio pretende procura-lo nos próximos dias, admitir o mau momento, pedir desculpas por desavenças passadas e dizer que vai voltar a jogar como no início da década, quando o Corinthians foi campeão mundial, principal título de Tite, o que só se concretizou muito em função de suas boas atuações no gol do Timão.

Espero que Cássio se recupere mesmo. Que passe pelos problemas pessoais e saia fortalecido deles e mais adiante chegue à Seleção. Porque é um atleta esforçado e talentoso. E que tem, de fato, muito crédito com o Corinthians. Ou deveria ter.



  • TiTebilidade 2016

    Meu Deus, que matéria ridícula !!! Se o Tite já pôs ele no banco no Corinthians, vai agora chamar ele pra ser o goleiro titular da seleção ??? Fala sério né, como diz o Tite, “vai ralar a bunda no chão”, saí de trás da mesa e escreva uma matéria com o mínimo de sentido pelo menos !!!

  • Foo Fighters Man

    Meu, esse blog desse tal de “Janca” é um dos piores que já vi em minha vida. O cara não acerta uma, sempre dá notícias frias ou calhaus, só vive inventando em cima do Corinthians. Desafio a qualquer internauta normal -anti não vale, porque não é gente, não são seres racionais- a me citar uma só matéria em que esse cara tenha falado uma novidade ou acertado algum de seus chutes.

  • CONHECEDOR

    Não dá para entender os comentários desairosos. O Sr. João Carlos, fora raríssimas exceções não se deixa levar por paixões clubísticas, e é sem dúvida um dos melhores jornalistas esportivos em atividade. Conhece futebol e seus meandros como pouquíssimos. Sobre a matéria, o Sr. Adenor (Tite) tem suas teimosias o que o leva a reveses as vezes, só que inferiores aos sucessos. Gosta de ter o grupo em mãos e a rebeldia de Cássio com o treinador de goleiros o levou a condição que hoje ocupa. Um pedido de escusas e ótimas atuações o levarão de volta a seleção. O problema é saber se conseguirá voltar ao bom nível nota 8 que tinha. Não existe atualmente nenhum goleiro nível acima disso, tipo Carlos, Leão, Dida. Não venham falar de Taffarel (apenas muito bom goleiro), Rogério Ceni que embaixo das traves deixava a desejar ou Marcos que era bastante irregular. O último titular da seleção que o Inter negociou tem potencial, mas para o posto de arqueiro nacional o ideal seria alguém experiente com capacidade técnica irrepreensível. Os dois de Minas (Cruzeiro e Atlético) poderiam ganhar chances. Mas, fomos campeões sem goleiros nível 9 (Félix, Taffarel e Marcos), sendo que o que nos falta é o restante do time mesmo. Mas o Sr. Adenor sabe montar equipes medianas campeãs. Só nos resta torcer, pois levará mais uns 25 anos, com sorte, para termos uma seleção incontestável, se desde já iniciarmos uma revolução de base, senão, nunca mais …..

MaisRecentes

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo