A novela corintiana



Conselheiros e torcedores corintianos também seguem preocupados com a negociação dos chamados naming rights da Arena em Itaquera, que deveria ter sido concluída em fevereiro de 2012 e até agora nada.

A expectativa, pelo menos de acordo com dois diretores do Timão, é que o negócio seja fechado antes do início da Olimpíada do Rio, que acontece em agosto.

Ao Conselho do Corinthians Andrés Sanchez, deputado federal pelo PT-SP e ex-presidente do clube, teria dito que o nome do “patrocinador” da arena seria anunciado até início de maio, o que não aconteceu.

Ele tem responsabilizado as especulações saídas na imprensa pelas dificuldades de vender o direito de nomear o estádio e insiste que não negocia com nenhuma instituição financeira.

O prazo de um possível acerto seria de 10 a 20 anos e os valores envolvidos chegariam a R$ 400 milhões, embora no Timão, devido à crise político-econômica do país já há quem fale em R$ 300 milhões ou até em R$ 250 milhões, caso o prazo do contrato não exceda os dez anos.



MaisRecentes

O escândalo de Platini



Continue Lendo

Fernando Diniz na berlinda



Continue Lendo

Deuses da Bola



Continue Lendo