Um técnico olímpico



Marco Polo Del Nero não gostou nada da atuação do Brasil diante do Equador. Espera, como todo brasileiro que gosta de futebol (será que ele gosta mesmo?), uma goleada amanhã contra o Haiti, mas se a Seleção continuar jogando essa bolinha Dunga não será mesmo o técnico na Rio-2016.

O receio do presidente da CBF é que, além de não estar mostrando preparo para dirigir a equipe principal, Dunga teve pouco contato com a Sub-23 que vai representar o Brasil nos Jogos Olímpicos, com a ajuda de mais três jogadores acima da idade.

Outro receio é que a torcida se volte contra o treinador, que não tem credibilidade no cargo há muito tempo e é execrado pelas arquibancadas.

Em seu lugar ficaria Rogério Micale, técnico das Seleções Sub-20 e Sub-23 ou um nome de peso, embora a segunda alternativa seja mais complicada porque estamos a menos de três meses do início da Olimpíada.

Pena o Brasil não ter se preparado para o evento, pelo menos quando se fala do futebol masculino, que luta por uma inédita medalha de ouro. E em casa a própria CBF sabe que um fracasso não será perdoado. Ela que tivesse feito uma preparação adequada e não atuado na base do improviso. Mas se tratando de CBF…



MaisRecentes

Santos em SP



Continue Lendo

Fuga de patrocínio



Continue Lendo

Verdão vai às compras



Continue Lendo