Caça às bruxas



O Corinthians ainda nem tinha sido eliminado da Libertadores, empatava no primeiro tempo por 1 a 1 com o Nacional, do Uruguai, e um grupo de conselheiros trocava mensagens reclamando da diretoria e dizendo que chegara a hora de agir.

A reclamação é que ninguém sabe a real situação econômico-financeira do clube e a quantas andam as negociações para a venda dos direitos de nomear o estádio em Itaquera, se é que elas saíram da estaca zero.

Exige também que as contas da arena sejam tornadas públicas.

O estádio, construído para receber a Copa de 2014 e seu jogo de abertura, é alvo da Operação Lava Jato, que investiga suspeita de pagamento de propina no negócio e desvio de grana para pagamento de campanhas eleitorais.

O ex-presidente do Timão Andrés Sanchez, deputado federal pelo PT-SP, diz que, se houve desvio de um centavo que seja, ele será devolvido aos cofres do clube doa a quem doer.

Conselheiros e torcedores reclamam ainda da falta de qualidade do time, que além de cair fora da Libertadores foi eliminado do Paulista, e quer reforços para o Brasileirão.

A diretoria, porém, está sem dinheiro em caixa…



MaisRecentes

A matemática do futebol



Continue Lendo

A melhor do mundo



Continue Lendo

Aprender a perder



Continue Lendo