Del Nero fica?



O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, não deve ir aos Estados Unidos em junho, ficando longe da Copa América.

O dirigente, que evita sair do país desde que José Maria Marin foi preso na Suíça, em maio do ano passado, voltou a comandar mês passado a confederação, da qual estava licenciado desde janeiro preparando defesa das acusações que sofre nos Estados Unidos.

Nos EUA deve ser representado pelo Coronel Nunes, que ocupou seu lugar na CBF quando de sua última licença, embora nada apitasse por lá.

A justificativa para ficar no Brasil, embora seus comandados digam que ainda pode decidir viajar e acompanhar a Seleção na América, é que a principal meta do ano é a Olimpíada. Que, como acontece no Rio, não obrigará o dirigente a sair do país.

Além da preocupação com os Jogos Olímpicos, marcados para agosto, ele ainda estaria cuidando de detalhes de sua defesa, já que virou um dos principals alvos das investigações do FBI no mundo do futebol.



MaisRecentes

O escândalo de Platini



Continue Lendo

Fernando Diniz na berlinda



Continue Lendo

Deuses da Bola



Continue Lendo