Pelé na Seleção



A CBF pretende se reaproximar de Pelé e convida-lo para ajudar a Seleção Brasileira a recuperar credibilidade no Brasil e no exterior.

A cúpula da entidade, leia-se Marco Polo Del Nero, apesar de oficialmente estar licenciado da presidência, gostou de entrevista que o ex-jogador deu à “Folha de S.Paulo”, em que se recusou a atacar a CBF e também o técnico Dunga.

Já havia vontade de convidar Pelé para chefiar a delegação brasileira de futebol masculino nos Jogos do Rio, mas agora o projeto pode ser maior. Transforma-lo numa espécie de embaixador da Seleção e contar com seu apoio também na Copa América dos Estados Unidos.

O empecilho passa por um acerto entre patrocinadores. Da CBF e do próprio Pelé.

Acerto à parte, não será por aí que nosso futebol irá resgatar sua credibilidade perdida. O problema, repito, é de gestão e de estrutura. No caso da CBF, viciada, a meu ver, tanto que acaba impedindo a rotatividade no poder e novas vozes no principal esporte do país. E é disso que precisamos. De novas vozes. Diálogo. E uma mudança que não seja apenas para inglês, ou no caso brasileiro, ver.



  • SrBlack

    Pelé é um deus do futebol ,mas e o Edson ainda tem credibilidade com as pessoas?

  • Evanuel

    Por isso o futebol brasileiro tá nessa situação, ninguém na CBF sabe o que é futebol e ainda vão chamar esse “cidadão” que só fala e faz besteira para ajudar? Se se classificar quero que o Brasil tome de 10 na próxima copa.

  • Santista

    Amigo… Dava para escrever melhor hein…

MaisRecentes

Contas corintianas



Continue Lendo

Timão em 2018



Continue Lendo

Verdão aflito



Continue Lendo