Tite x Del Nero



O presidente licenciado da CBF, Marco Polo Del Nero, ficou profundamente irritado ao saber que Tite revelou que foi procurado duas vezes ano passado para assumir a Seleção.

O dirigente nega e diz que qualquer pessoa que tenha falado em seu nome dele e que sua intenção sempre foi a de manter Dunga no cargo.

A história, porém, não é bem assim. A direção da CBF procurou sim o técnico corintiano e a ideia era demitir Dunga no máximo em dezembro do ano passado. Isso só não aconteceu porque os escândalos que atingiram a confederação e a cúpula da entidade, fazendo Del Nero se licenciar do cargo, deixou a Seleção em segundo, terceiro, quarto plano. Assessores de Del Nero chegaram a dizer que Dunga é fraquinho e que com ele no comando o risco de o Brasil não ir à Copa de 2018, na Rússia, é grande.

Já Tite tem dito que seu tempo de assumir a Seleção passou e que pretende seguir no Corinthians esse ano, descartando trabalhar nos dois lugares ao mesmo tempo.

Dirigentes de federações e patrocinadores da CBF, no entanto, seguem pressionando Del Nero a se mexer e descartar logo Dunga, cujo trabalho (?) é bem fraco por sinal. A campanha nas eliminatórias que o diga.



MaisRecentes

Cânticos brasileiros



Continue Lendo

Seleção no divã



Continue Lendo

Seleção magoada



Continue Lendo