Um técnico para o Flu



A diretoria do Fluminense diz que não, mas desde semana passada está no mercado, procurando um possível substituto para o técnico Eduardo Baptista.

A avaliação é que o treinador não deu mesmo certo nas Laranjeiras, embora ele tenha permanecido no cargo enquanto não se encontre um nome para seu lugar.

O clube segue o exemplo do São Paulo, que apostou num técnico argentino, e ronda o mercado do país vizinho. Cogita também Paulo Autuori, que trabalhou no Japão, e Paulo Roberto Falcão, que está no Sport.

O problema de contratar Falcão é que a relação com o time pernambucano, até hoje indignado com a contratação de Eduardo Baptista pelos cariocas, quando o treinador trabalhava em Recife, segue ruim e só iria piorar.

Enquanto isso o discurso é de que Eduardo Baptista, que interessa à Ponte Preta, segue no comando à espera de uma reação milagrosa nesse início de temporada. Como em futebol nada é impossível, quem sabe?



MaisRecentes

Fernando Diniz na berlinda



Continue Lendo

Deuses da Bola



Continue Lendo

Galo pega fogo



Continue Lendo