Racha no Bom Senso



A volta dos protestos do Bom Senso FC, ontem, na última rodada do Brasileirão, causou polêmica dentro do movimento de jogadores por um futebol melhor.

Uma ala considera que a manifestação foi tímida demais tanto que muitos narradores e a plateia em geral nem sabiam o que estava acontecendo.

Explica-se: o protesto no início dos jogos foi pela renúncia de Marco Polo Del Nero à presidência da CBF, mas não apresentou sugestões concretas para modificar a estrutura da CBF e passou despercebida pela maioria.

Um grupo de atletas acha que chegou a hora de o movimento radicalizar e discutir a possibilidade de greve, já que pelo menos 12 dos 20 clubes da Série A teriam atrasado salários e direitos de imagem em 2015 e nada foi feito. E a corrupção da cartolada é assunto principal no esporte.

Outra ala acha que os jogadores têm de ir mais devagar, porque podem acabar se prejudicando e todos têm família para sustentar. Acredita que o protesto de ontem foi de bom tamanho.

O Bom Senso, na verdade, já vem apresentando rachas há muitos meses, com alguns jogadores levando um cala a boca de seus clubes e abaixando a cabeça e outros irritados com a personalização do movimento, que estaria servindo de plataforma política para A ou B.



  • SrBlack

    Bom Senso ainda existe?

    Esse movimento já perdeu a força a muito tempo , sem falar q jogador de futebol na sua maioria não liga para nada e nem esta ai para as coisas dos outros ou da profissão.

    • janca

      Também me pergunto se esse movimento ainda existe. Tímida demais a ação na última rodada do Brasileirão. Uma pena.

MaisRecentes

Brigas no Fla



Continue Lendo

Paulistas com medo



Continue Lendo

A mágoa de Ceni



Continue Lendo