Roupa suja na Vila



A perda da Copa do Brasil pelo Santos reacendeu uma discussão entre conselheiros do Peixe. Uma ala acha que a diretoria e a comissão técnica erraram feio ao abrir mão do Brasileirão nas duas últimas rodadas para focar apenas o jogo contra o Palmeiras. Derrotado nos pênaltis agora o sonho da Libertadores já era.

Dorival Júnior, que antes parecia unanimidade, começa a receber críticas, afinal o time se dedicou ao Nacional até a trigésima quinta rodada, estava no G4 e nas duas últimas partidas usou reservas, equipe mista, enfim, e abriu caminho para São Paulo ou Inter conseguir a vaga na Libertadores.

Sem lugar no torneio sul-americano devem ir por água abaixo duas negociações santistas para patrocínio no ano que vem, o que tem gerado a ira de alguns conselheiros, ainda inconformados com a decisão de Dorival Júnior, que teve respaldo da diretoria.

Acho, sinceramente, que o técnico errou e apontei isso anteontem na minha coluna no diário LANCE!. Dava para jogar em alto nível nas duas competições, jogador não tem que ser tratado como bibelô, não. Sem seus principais atletas nos dois últimos confrontos do Brasileiro o Santos colheu duas derrotas. Perdeu lugar na Libertadores para o Palmeiras na Copa do Brasil, mas no Nacional foi diferente. Simplesmente entregou a vaga a terceiros. Decisão equivocada, enfim. E o preço a pagar não é barato, não.



MaisRecentes

A melhor do mundo



Continue Lendo

Aprender a perder



Continue Lendo

O emprego ideal



Continue Lendo