Pressão no Verdão



A diretoria do Palmeiras está extremamente irritada com Marcelo Oliveira, cujo trabalho vem sendo muito questionado pelos lados do Palestra.

Dirigentes não entendem o porquê de ele não conseguir repetir o trabalho feito no Cruzeiro.

As desculpas do técnico, como a de que os jogadores precisam ser mais firmes na marcação, não colam.

Segundo a direção Oliveira tem tido todo o respaldo, os salários estão em dia, o elenco é considerado bom, pelo menos pela cúpula palmeirense, e ele errou ao deixar o Brasileiro de lado e se afastar da briga pelo G-4.

Agora a ordem é vencer a Copa do Brasil diante do Santos, o que, mesmo acontecendo, não assegura que o treinador fique no ano que vem, já que seus erros são considerados muitos.

Uma das dificuldades é a saída de bola, outra reclamação é o fato de o técnico não estar usando Amaral e sim Thiago Santos como titular, as atuações sofríveis de Egídio também são alvo de contestação e os treinos comandados por Oliveira são considerados fracos, o que ele rebate.

Time por time o do Santos é melhor, mas o Verdão tem duas semanas para acertar os ponteiros antes do primeiro jogo da final. Vai conseguir? Eis a questão.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo