Eurico x STJD



Eurico Miranda tem dito nos bastidores que o Vasco não é a Portuguesa e que não vai admitir brincadeira do STJD, que pode suspende-lo por até três anos após declarações dadas semana passada.

O presidente vascaíno afirmou que os clubes de Santa Catarina estão sendo favorecidos pela arbitragem devido à influência de Delfim Peixoto Filho, presidente da federação catarinense e um dos vices da CBF.

O dirigente carioca reclamou muito da arbitragem de Avaí x Vasco e Vasco x Chapecoense.

Ainda no ataque, Eurico quer que o Superior Tribunal de Justiça Desportiva use o mesmo rigor que aplicou no caso Lusa em 2013 em relação ao São Paulo, que pode ser rebaixado por conta do caso Iago Maidana.

O clube do Morumbi contratou o jogador por R$ 2 milhões numa nebulosa negociação dias depois de ele ter sido transferido por valor bem menor do Criciúma para o Monte Cristo, da terceira divisão goiana, em transação que teve participação de uma empresa, contrariando as regras da Fifa.

O Tricolor pode receber desde multa e/ou uma advertência até ser rebaixado para a Série B. Pode ainda ser proibido de contratar jogadores na próxima janela de transferências.

Vale lembrar que o Vasco é o lanterna do Brasileiro e, mesmo que o São Paulo caia, a CBF tem dito que serão rebaixados os últimos quatro para a Série B, como está previsto no regulamento, embora a direção vascaína tenha entendimento diferente do caso.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo