Del Nero na Argentina



O presidente Marco Polo Del Nero pretende finalmente voltar a sair do Brasil. Tem intenção de acompanhar a Seleção no próximo jogo das eliminatórias para a Copa do Mundo, em 13 de novembro, na Argentina. O clássico acontece em Buenos Aires.

O desejo de Del Nero foi manifestado a um dos vice-presidentes da CBF, que está incomodado com o fato de o dirigente estar evitando deixar o país. Ele voltou às pressas ao Brasil, saindo da Suíça logo depois da prisão de José Maria Marin em maio.

De lá pra cá o presidente da CBF não foi mais ao exterior, sequer votou nas eleições presidenciais da Fifa ou acompanhou a Seleção Brasileira no Chile ou na estreia nas eliminatórias para o Mundial da Rússia. Segundo especulações, que ele nega, teria medo de ser preso por conta das investigações do FBI, que já levaram o próprio Marin à detenção em Zurique, e se sente mais seguro no Brasil.

Para a reunião de final de ano da Fifa, que deve ser realizada em Zurique, porém, Del Nero não deve ir e sim mandar manifestante.

Ele tem alegado que precisa ficar no Brasil por conta da CPI do futebol instalada no Congresso e também para defender os interesses dos clubes brasileiros. É o argumento que usa desde maio, quando Marin, de quem foi o vice mais velho e que depois se tornou o seu vice mais velho na entidade, acabou sendo preso.



MaisRecentes

Cadê os patetas?!?



Continue Lendo

Complô no Santos



Continue Lendo

O contrato de Felipe Melo



Continue Lendo