Aidar x Diniz



O presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, anda furioso com o empresário Abílio Diniz, que estaria se intrometendo além da conta na política do Tricolor.

Diniz até agora não se conforma com a demissão de Alexandre Bourgeois, ex-CEO do São Paulo, afastado do clube na semana passada por Aidar, que o acusou de quebra de confiança e vazamento de informações.

A demissão, inclusive, virou caso de polícia, com Bourgeois, aliado de Diniz, dizendo que sofreu ameaça de agressão do assessor de imprensa Olivério Júnior, que disse que não bateria nele por respeito ao São Paulo.

Diniz tem atacado a atual diretoria por suposta falta de transparência e nos bastidores reclama que Aidar levou o Tricolor à pior crise financeira de sua história.

O presidente, por sua vez, vêm em Diniz uma ameaça à atual gestão e acha que o empresário articula com conselheiros da oposição sua saída da presidência do clube.

Considera o empresário, que diz estar apenas oferecendo ajuda para tirar o clube do buraco, de golpista.

Para uma instituição que dizia estar cheia de lordes e cardeais o São Paulo, de fato, já viveu dias melhores.

Mas não é de hoje que está com sérios problemas, investindo mal no marketing, atrasando pagamento de direitos de imagem, com brigas públicas entre cartolas, mudança em estatuto para prorrogar mandato de presidente, dívidas aqui e acolá e outras “picuinhas” que mancham a história de um clube que já foi referência aos demais. Deixou de ser há um bom tempo, porém. Se e quando voltará a ser são outros 500…



MaisRecentes

A matemática do futebol



Continue Lendo

A melhor do mundo



Continue Lendo

Aprender a perder



Continue Lendo