Paulistas sem Liga



A Liga Sul-Minas-Rio, que está dando o que falar e preocupando CBF e federações estaduais, não pretende incluir o Santos nem outro grande clube paulista para o torneio do ano que vem.

O clube da Vila já demonstrara vontade de participar da competição, mas os grandes de Minas e do Sul temem que colocar algum time paulista no torneio acabe transformando-o num pequeno Campeonato Brasileiro, tirando interesse do último quando o Nacional de fato começar.

A ideia do Santos, que não é de hoje, é entrar na Liga e colocar uma equipe alternativa para jogar o Paulista.

Já Corinthians, Palmeiras e São Paulo pensam em disputar o Estadual e priorizar a Libertadores, caso consigam vaga para o torneio continental. Se não obtiverem classificação aí sim gostariam de entrar na Liga, que deve chamar mais a atenção do que os falidos Estaduais.

Uma outra discussão, levantada pelos paulistas, é a antecipação do início do Brasileiro, reduzindo o tempo de disputa dos Estaduais, longos demais e sem a graça que já tiveram em décadas passadas. Mas a CBF não sabe o que fazer, apesar de já reconhecer que o calendário como está não pode ficar.

Vale lembrar que a Liga deve ter times de Santa Catarina, os dois grandes do Sul e os dois de Minas, além de Flamengo e Fluminense, que romperam com a Federação do Rio. Todos os de São Paulo, pelo menos até segunda ordem, e Botafogo e Vasco estão fora.



  • SrBlack

    o futebol brasileiro precisa de mudanças e os paulistas entrarem nessa liga pode ser ótimo pois ela pode vir a substituir o brasileiro e os clubes se libertarem da CBF , das federações e do STJD .

    agora a CBF e seus parceiros não querem essa liga de jeito nem um , ate acenam com a volta do Rio-Sp para desestabilizar a liga Sul-Minas-Rio e implodir ela se possivel e espero q os clubes não cedam , comprem a briga e se tiver q fazerem uma liga pirata q façam.

    • João Carlos Assumpção

      Não sei se seria uma boa a entrada dos paulistas, pois não tem sentido essa liga substituir o Brasileiro excluindo, então, os times do Nordeste, por exemplo. Sobre a CPI políticos ligados à CBF fazem força para que não vá adiante. Mas pode deixar que irei correr atrás das notícias sobre ela. Mesmo que seja sobre a falta de, o que já diz muito a respeito de a quantas andam os trabalhos em Brasília.

      • SrBlack

        os times do Nordeste , centro-oeste e resto do Brasil q larguem da cbf e federações procurando se aliar a uma nova liga para evoluírem ou morram com abraçadas com a CBF , as coisas tem mudar.

        • Coeteris Paribus

          Concordo plenamente…99% dos time do norte, nordeste e centro-este, colhem as migalhas jogadas pela cbf. Com a criação de uma liga independente, logo se destacaram, sendo assim se desvencilhando dessa federação e criando uma liga forte com várias series. Após a criação dessa liga, cria-se uma Federação Nacional do Futebol e acaba de vez com essa corja que suja, mancha e leva nossa reputação a lona.

          • Luiz

            Concordo. Essa liga inicial nao precisa querer colocar os times de SP e ubstituir o brasileiro, pois estaria deixando de fora clubes tradicionais de outras regioes, mas deve servir como um teste, com ela eles vão perceber que os proprios clubes tem nas maos o poder de fazer eles mesmos sua liga que viria a substituir o brasileiro, com isso poderiam fazer calendário, horario de partidas, negociar cotas de tv nacional e de fora, Patrocínio pra dar nome a liga e os que se vinculariam a competição, e tantas outras coisas.
            Sem dúvida alguma o futebol brasileiro se transformaria e evoluiria, em alguns anos, com organização séria, teria condicoes de se equiparar com ligas europeias.
            Agora se quando os clubes importantes se organizassem, um ou outro ficasse de birra por te rabo preso com CBF, deixa de fora. Mas em pouco temmudariam de ideia, e so ve o vasco do eurico, desdenhou e agora que viu que a sul-minas-rio engrenou pra sair, ta ai reclamando com CBF pra melar.

  • Raphael

    Estão matando o futebol do interior e todo mundo bate palma, é o Brasil do 7 x1.

    • SrBlack

      o futebol do interior se matou apoiando Del Nero , Farah , Eduardo Viana o caixa d’agua , Rubens Lopes e outros presidentes de federações , então não culpe os outros pelo suicídio deles.

      • João Carlos Assumpção

        Sim. Não são os clubes grandes que mataram o futebol do interior. Foram as próprias federações que os ajudaram a entrar no buraco.

        • Raphael

          Fala para os clube da capital para dividir o dinheiro da TV com os times do interior, pimenta no olho do outro é refresco.

          • João Carlos Assumpção

            Não tem sentido um time grande da capital ou do litoral ter a mesma cota de um nanico do interior.

  • js

    janca,

    até que ponto o possível nascimento dessa liga sul-minas-rio serve de aprendizagem aos mais jovens sobre a formação da copa união, de 1987, e como essas coisas acabam por acontecer no futebol brasileiro.

    • João Carlos Assumpção

      Essa liga serve para atacar as federações, mas é muito mais fraca do que o movimento de 1987, que gerou a Copa União. Pena que depois os clubes brigaram entre eles e não se chegou a lugar nenhum… Cada um pensa no próprio umbigo, deu no que deu.

  • Dr. Karl

    Precisa criar a Liga e deixar de fora a CBF.

    • João Carlos Assumpção

      Inclusive para organizar o Nacional.

  • Marcus

    Espero que a Liga seja um sucesso e, aos poucos, surja, uma liga em condições de atropelar os maus organizados Campeonatos brasileiros! Na realidade a CBF e as incompetentes Federações Regionais estão precisando levar um susto e tomar vergonha… Conmebol também tem que ser repensada! Um antro de corrupção!

    • João Carlos Assumpção

      Também defendo a ideia da liga. Federações e CBF sem condições.

  • Marcelo Abdul

    Seria legal uma Copa do Sudeste com times do Rio, São Paulo, Minas e Espírito Santo. Não entendo porque o Sul quer se juntar aos mineiros para fazer esse torneio já que a própria região tem um futebol forte com os times do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. Futebol brasileiro é assim mesmo. Daqui a pouco chamam um time do Paraguai para participar.

    • João Carlos Assumpção

      A ideia surgiu pois no passado São Paulo e Rio se uniam para disputar o velho Rio-São Paulo e os clubes do Rio Grande do Sul não queriam enfrentar apenas os de Santa Catarina ou Paraná nem os de Minas pegar apenas os do Espírito Santo. Ninguém ventilou uma Copa Sudeste, até porque Vasco e Botafogo são contra a liga e os paulistas, exceção feita ao Santos, estavam e ainda estão com um pé atrás.

MaisRecentes

Protestos à vista



Continue Lendo

Ajustes no São Paulo



Continue Lendo

Mattos em xeque



Continue Lendo