O curso de Luxemburgo



Vanderlei Luxemburgo está inconformado com sua demissão do Cruzeiro.

A amigos reclamou que a direção do clube mineiro tinha garantido que permaneceria no cargo mesmo se perdesse para o Santos, o que acabou acontecendo.

Mas dirigentes cruzeirenses sentiram que o técnico tinha perdido o comando e enfrentava fortes resistências no vestiário.

Sondado para trabalhar no futebol chinês, Luxemburgo não quer repetir Tite e outros treinadores que foram se “reciclar” fazendo cursos na Europa.

Há tempos questiona e a meu ver com razão que “cursos” ou estágios são esses. Acha que servem mais para o técnico aparecer na foto e fazer um pouco de marketing do que qualquer outra coisa.

Mas que chegou a hora de repensar sua carreira no futebol, que anda em tremenda baixa há alguns anos, chegou.

Só no Cruzeiro foram dez derrotas em 19 jogos. E com suspeita de corpo mole no vestiário não tinha mesmo como prosseguir em BH.



MaisRecentes

O contrato de Felipe Melo



Continue Lendo

Naming rights em 2019



Continue Lendo

Zé Ricardo sob desconfiança



Continue Lendo