Valdivia ainda ataca



Valdivia segue inconformado com a direção do Palmeiras e a menos de duas semanas de deixar o clube continua atacando a diretoria.

Acha que foi desvalorizado com a proposta de jogar por produtividade, tendo o salário reduzido em 75% e ganhando um adicional por partida disputada. Discordo dele, já que vinha atuando muito pouco e vivia no departamento médico. Ganhar R$ 500 mil mensais pra quase não aparecer em campo não dá. A diretoria acerta ao olhar para o aspecto financeiro.

Para Valdivia o departamento médico do Verdão é muito fraco e por isso ele ficou tanto tempo no estaleiro. Tenho minhas dúvidas também. Os outros jogadores não reclamam. Só com ele que o setor errou? Sendo que, com a camisa do Chile, Valdivia estava bem, obrigado.

Ele ainda reclama que Paulo Nobre dizia uma coisa quando conversava com ele e falava outra para a imprensa. Não sei. Se isso aconteceu, o que exatamente o presidente dizia para o chileno? Isso Valdivia, que reclama ainda da imprensa brasileira, que estaria pegando muito no seu pé, não diz.

Sua relação com o clube estava e está desgastada e não há mesmo clima para continuar. Melhor procurar outros ares. Pra ele e pro Palmeiras.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo