Jogos às 11hs



O sucesso dos jogos às 11hs no Brasileirão é tanto que no ano que vem a CBF pretende marcar não um, mas três partidas para o horário, algo que ainda está em estudo.

Nesse horário da manhã a média de público supera a casa dos 25 mil torcedores por jogo, maior do que a dos jogos das 16hs, que não chega a 17 mil.

Apesar de alguns clubes e atletas reclamarem muito do calor no horário, a confederação, que apostou na ideia, acha que os jogos pela manhã devem ser sim incentivados. Caíram no gosto do povo. Do torcedor, que tem comparecido em peso.

Por problemas tecnológicos na moderação do blog muitos comentários não puderam entrar de segunda pra cá. Estamos acertando os ponteiros. Desde já peço desculpas a todos e assim que a questão for acertada volto a postar pra vocês. Grande abraço e mais uma vez perdão, João Carlos



  • SrBlack

    mas mudar os jogos das 22 horas de quarta , eles não falam ne?

    jogo das 11 da manha é bom horário , mas não tem explodir colocando todo mundo para jogar as 11 ao mesmo tempo , tem q ter mais horários e mudanças junto com calendário.

    eu gosto do novo sistema de comentários , espero q continue.

    • João Carlos Assumpção

      Também acho que não. Um jogo nesse horário ou no máximo dois já estaria de bom tamanho.

      • João Carlos Assumpção

        E vai continuar sim. Eu que não manjo ainda muito bem o novo sistema. Mas logo mais me adapto. Abraço

  • Marcel Zanini

    Bom dia Janca.

    Você que é o colunista do Lance que mais se comunica com os leitores não precisa pedir perdão por problemas com tecnologia!
    Abraço Janca.

    • João Carlos Assumpção

      Valeu, Marcel, mas acho que agora o problema foi corrigido. Eu e esse mundo tecnológico não nos damos muito bem. Não nascemos um para o outro… Grande abraço, Janca

  • Robson

    Podia aproveitar esse problema no sistema e moderar mesmo os comentários. Tem gente que vem aqui e discute de forma sadia e respeitosa, mas tem tanto neguinho que defeca pelos dedos.

    • João Carlos Assumpção

      Não costumo censurar comentários, inclusive os que me ofendem. Eles representam um retrato da sociedade brasileira. E na internet, sob um suposto anonimato, vemos o que acontece. Que nem o torcedor que se acha escondido no meio da multidão. E que talvez não fizesse certas coisas se estivesse sozinho. Enfim… Abraço, Robson

MaisRecentes

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo