O diálogo de Eurico



Eurico Miranda quer contar com o apoio das organizadas do Vasco para tirar o time do sufoco no Brasileirão.

O dirigente ficou irritado com o protesto do início da semana, quando cerca de 50 torcedores ameaçaram invadir o clube.

Outros 30, porém, a pedido do próprio Eurico, foram atendidos por parte da diretoria, incluindo o vice-presidente geral Fernando Horta, e por alguns jogadores vascaínos.

A direção do Vasco deve seguir dando regalias aos uniformizados, inclusive na distribuição de ingressos e uso da sede em São Januário, mas quer que eles controlem os demais e deem apoio ao elenco.

Ontem o time bateu o América-RN, em casa, por 3 a 1 e tem grandes chances de avançar às oitavas de final da Copa do Brasil. Oficialmente Eurico diz que o objetivo é conquistar o torneio e ganhar uma vaga na Libertadores, mas a meta mesmo é não cair para a Série B no ano que vem. A campanha do time no Brasileirão segue pífia e preocupante.



  • Marcel Zanini

    Esse Eurico Miranda é uma piada, sem preconceitos Janca, mas ele não merece estar na cadeia?

    As paginas esportivas não tem “preconceito” em falar de um corrupto deputado e péssimo dirigente esportivo que deveria estar preso desde 1993 quando ouviu-se pela 1ª vez a expressão CPI na esfera futebolística?

    Abraço.

    • janca

      Prefiro não opinar sobre questões da Justiça. Não o considero bom dirigente, como não considero bom dirigente seu antecessor no Vasco, Roberto Dinamite. Abraço e boa quinta pra você, Janca

MaisRecentes

Alerta a Raí



Continue Lendo

Os erros do Verdão



Continue Lendo

Vencer ou vencer



Continue Lendo