Sarney na CBF?



Fernando Sarney, filho do ex-presidente José Sarney e há mais de duas décadas na CBF, nega que queira ocupar a presidência da entidade no lugar de Marco Polo Del Nero, alvo de Romário e de uma CPI a ser instalada no Congresso.

O dirigente, que é um dos vice-presidentes da confederação, trabalhou, com boa parte do PMDB, contra a instalação da CPI e não queria que a relatoria fosse entregue a Romário (PSB-RJ), ao contrário do que chegou a ser noticiado.

Em caso de impedimento de Del Nero, que está sob suspeita desde a prisão de José Maria Marin, de quem foi o vice mais velho até abril e que passou, então, a ser seu vice mais velho até sua detenção na Suíça, quem assumiria a confederação seria Delfim Peixoto, que tem 74 anos. Afinal, com o afastamento de Marin do futebol, Peixoto passou a ser o vice mais velho de Del Nero.

Só com uma mudança no estatuto da CBF, algo com o qual Fernando Sarney diz não concordar, o eventual substituto de Del Nero poderia deixar de ser o vice-presidente mais velho, como acontece atualmente.

Del Nero, que diz que Romário sempre lhe fez oposição e nega a possibilidade de renúncia, saiu rapidamente de Zurique sem esperar as eleições da Fifa depois que suspeitas recaíram sobre ele a partir das investigações do FBI. Tampouco chegou a ir ao Chile para acompanhar o Brasil na Copa América. Preferiu ficar no país, mas nega que a decisão tenha sido tomada por receio de os norte-americanos pedirem sua extradição assim que pisasse em solo chileno.

Enquanto isso o futebol brasileiro segue… De mal a pior.



MaisRecentes

A falta de um líder



Continue Lendo

Haja coração!!!



Continue Lendo

Cânticos brasileiros



Continue Lendo