A briga por Pato



São Paulo e Corinthians estão em atrito por conta de Alexandre Pato.

Apesar de o atacante dizer que pretende ficar no Tricolor até dezembro, quando termina seu empréstimo, Carlos Miguel Aidar insiste que há risco de perder o atacante, que entrou na Justiça contra o Corinthians por atrasos no pagamento de direitos de imagem e depósitos no FGTS.

Caso isso aconteça, o São Paulo, que alega que o futebol italiano pretende levar o jogador de volta à Europa já em julho, irá pedir indenização ao Timão.

O Corinthians, porém, defende-se dizendo que já acertou os atrasados e que não é o único responsável pelo imbróglio, já que o atacante acionou também o São Paulo por atrasos no pagamento dos direitos de imagem. No caso do Timão foram dez meses, no do Tricolor, três.

O caso segue na Justiça e, se o jogador se desvincular do Corinthians e por tabela do São Paulo, para o qual estava emprestado pelo Timão, há possibilidade de voltar à Itália.

Ele próprio disse à diretoria são-paulina ter sido sondado por dois clubes de lá, mas afirmou que pretende continuar no Morumbi. Pelo menos até dezembro…



  • Diego

    Digamos que o Pato consiga a rescisão, depois digamos que tudo isso não passou de um plano dele junto ao São Paulo para a confecção de um novo contrato direto com eles e com valores atualizados, caberia ao Corinthians alguma coisa após o fato consumado?

    • Daniel

      Obviamente não né amigo. Pois, se Pato conseguir a rescisão na Justiça, o timinho realmente o devia e teve a rescisão confirmando isso (direito adquirido também joga aqui), logo, o time não teria sequer argumento legal para reclamar algo.

  • Cleibsom Carlos

    Não sei se o S.Paulo está de conluio com o Pato nessa ação, mas que o time do Morumbi está louco para se livrar da eterna promessa de craque pelo menos para mim está claro. E além do mais esse papo de que há clubes europeus interessados no Pato só pode ser piada. O cara quase nunca joga e quando acontece de jogar nada faz! E depois dizem que o Neymar que é o rei do marketing…

    • janca

      Tampouco vejo Pato jogando tanta bola para despertar esse interesse no futebol italiano… Mas Aidar diz que há dois clubes da Itália de olho em Pato… Será? E não para de cutucar o Corinthians pelo imbróglio em relação aos direitos de imagem pagos com atraso, embora o São Paulo também tenha atrasado. Três meses. No caso do Timão foram dez.

  • José Henrique

    Interessante. O jogador vende seus direitos de imagem a uma empresa estrangeira, e certamente recebeu aos 16 anos valores muito altos ( quanto? ) para repassar esse direito.
    Agora questiona na justiça valores que não lhe pertencem?
    Gostaria de ver no tribunal, a cara do verdadeiro dono desses direitos.
    Olha, o Brasil com relação às leis futebolísticas esta na contra mão. As ações de jogadores contra clubes são aprovadas a toque de caixa, e tratados como CLT. Os valores são equivalentes a uma mega sena. Pergunta para um trabalhador CLT, há quantos anos está na justiça esperando para receber um simples direito de um precatório alimentar?
    Depois de ver, um P.Andre, pedir o que pediu (teve a coragem de pedir) e um Damião alegar em juízo “extrema pobreza”, só falta nosso judiciário dar ganho ao Pato nesse caso.
    Um absurdo. Querem matar os clubes mesmo. Só pode.

    • José Henrique

      Felizmente o juiz não aceitou essa tentativa de estelionato.

MaisRecentes

Saída de Lucas Lima



Continue Lendo

Dorival bombardeado



Continue Lendo

A grana de Nuzman



Continue Lendo