Com Zico e Maradona



Assessores do príncipe Ali bin Al-Hussein, que deve se candidatar às novas eleições na Fifa, querem contar não só com Maradona mas também com Zico numa futura gestão, caso ele se torne o novo presidente da entidade.

Zico já manifestou vontade de se candidatar à presidência, enquanto Maradona tem dito que participaria com prazer de uma possível administração do príncipe jordaniano.

Maradona tem feito vários ataques a Michel Platini, um dos nomes cotados para a eleição presidencial, representando os europeus.

Diz que Platini é da escola de João Havelange e Joseph Blatter e foi crescendo da mesma forma, ampliando torneios e atraindo votos da chamada periferia do futebol, que receberia em troca umas migalhas. Quer ainda que o francês explique seu apoio ao Qatar como sede da Copa de 2022 e os investimentos árabes no Paris Saint-Germain, cada vez maiores.

Fora isso diz que o presidente da Uefa, entidade que comanda o futebol europeu, arranjou 167 partidas. Assessores de Platini negam e o caso deve parar na Justiça. Mais um, aliás.



  • Mario

    Platini não é a solução , é mais do mesmo , tanto q seu filho trabalha para uma empresa uma empresa esportiva catariana q leva aos voto da copa no Qatar , a proteção ao PSG.

    Maradona é um surtado q tem q se tratar , não serve para dirigir nem taxi .

    Zico seria um boa opção , mas aguentaria a pressão do cargo ou sairia qnd os cartolas fossem fazer pressão na família dele como aconteceu no Flamengo?

    infelizmente continuaremos a depender dos americanos para limpar a FIFA e o Nero q esta com medo de sair do pais e nosso governo fica passivo a essa gente.

    abrçs

    • janca

      Platini não é a solução, tampouco Maradona, concordo. Zico até que poderia ser uma boa, desde que formasse um grupo sério de trabalho, com pautas, ideias, uma plataforma, enfim. Mas entre Platini e o príncipe da Jordânia para a Fifa acho o segundo melhor opção. Abraço e desde já um bom final de semana pra você

      • André Carvalho

        Difícil, o príncipe jordaniano foi apoiado e, até onde li, é um dos queridinhos do próprio Platini, ou seja, mais do mesmo, a grande verdade é que se não se encaixar no sistema, não vai longe, mesmo que tenha boas ideias, ou revolucionárias ideias, para sobreviver no poder tem que se acomodar ao sistema.

        • janca

          O sistema tem que mudar mesmo e outros nomes devem aparecer para as eleições.

  • elias

    tem muita gente babando o ovo dos americanos e os coisas não são bem do jeito que este povo pensa ; o americano só faz alguma coisa por interesse próprio e não pra ajudar alguém , o senso de justiça deles é bem caseiro , um baita de um barulho e até agora só pegaram os latino-americanos que são os menores nesta salada toda , quanto a eleição da FIFA ; o Zico seria uma boa para compor e não para ser presidente da entidade , Maradona não serve nem para compor grupo , é desordeiro e mal exemplo ; que entre o príncipe da Jordania

    • janca

      Entre Platini e o príncipe da Jordânia que entre mesmo o segundo. Concordo sobre Maradona e Zico, uma boa análise, embora bem assessorado Zico possa fazer uma boa gestão, a meu ver. Os norte-americanos foram fundamentais na revelação do escândalo, o maior da história do futebol mundial, e estão de parabéns. Mas acho complico que eles se tornem ou sejam, sei lá, a polícia do mundo, digamos assim.

  • Acho que o Maradona,nao tem moral alguma para comandar algo,nem mesmo a FIFA!

    • janca

      Pelo menos fala o que pensa. Mas que não teria condições de ser presidente não teria. Pensa em ocupar a vice-presidência.

  • Marcel Zanini

    Gostaria de saber só uma coisa Janca, se o FBI e o governo americano há tempos tem indícios da corrupção na Fifa, porque só agora depois de 20 anos essa merda toda veio a tona? e a copa de 94, não teve nenhuma irregularidade?
    Platini tem a maior cara de corrupto e esteve ao lado de Blater um bom tempo, esse também é um câncer para o futebol que tem que ser extirpado.

    Maradona é meio louco, mas sobre futebol nunca falou asneiras o como o Pelé, e Zico ha tempos tenta ser dirigente mas sempre cede as pressões externas, acho que seria uma boa os 2 juntos numa reconstrução das bases futebolísticas internacionais e além disso tudo são sul-americanos.

    Abraço Janca!

    • janca

      Na verdade a operação do FBI começou depois de 2011. Claro que os norte-americanos têm uma agenda própria e suas motivações, mas que foi um trabalho importante, foi. Mas faltam muitas coisas para aparecer. Será que vão? Essa é uma outra questão. Abraço e boa semana, Marcel

MaisRecentes

Pela saída de Levir



Continue Lendo

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo