Cruzeiro cobra elenco



A diretoria do Cruzeiro, embora tenha poupado Marcelo Oliveira pelo fracasso nas quartas da Libertadores, quer que o treinador cobre o elenco.

No dia seguinte da surpreendente derrota para o River Plate, 3 a 0 no Mineirão, a direção não entende o que aconteceu com o grupo, que havia vencido por 1 a 0 na Argentina e perdeu a vaga em casa. Não pelo insucesso em si, mas pela forma como se deu o revés. O Cruzeiro não jogou nada do primeiro ao último minuto, deu a impressão de que estava com sono.

Dirigentes do time mineiro acham que pagam bem e em dia o grupo e estranham a forma como a equipe se portou, com erros infantis, apática, como se não quisesse a classificação.

Além de juntar os cacos e tentar compreender o que se passou ontem resta a volta para o Brasileiro, torneio em que, após três rodadas, o clube se encontra na zona da degola, com apenas um ponto em nove disputados. É o preço de ter entrado com reservas, deixando os titulares para a Libertadores, como se um jogador não aguentasse atuar duas vezes por semana e fosse um bibelô. Agora aguenta e tenta reagir no Nacional. Fazer o quê?



MaisRecentes

Galo pega fogo



Continue Lendo

Cornetas no Palestra



Continue Lendo

Grêmio ainda reclama



Continue Lendo