Messi, Neymar e Suárez



Luis Suárez não marcou, mas Lionel Messi, genial, fez os dois primeiros e Neymar Jr. completou a goleada do Barcelona diante do Bayern, 3 a 0 em casa, obrigando os alemães a tentarem uma proeza quase impossível terça que vem.

Para se classificar, caso o Barça marque um gol em Munique, terão que anotar cinco. Complicou e muito para o time de Pep Guardiola.

No primeiro tempo até que o Bayern se manteve vivo, principalmente graças a Manuel Neuer, que salvou dois gols dos espanhóis, um de Suárez e outro de Daniel Alves. Duas belíssimas defesas.

Na segunda etapa, quando parecia que o jogo ia terminar 0 a 0, Messi marcou e depois marcou de novo. E no finalzinho Neymar fechou o placar.

O trio atacante do Barça é mesmo infernal e parece se dar muitíssimo bem não só em campo, mas fora dele também. O uruguaio Suárez, apesar de não ter deixado o seu, incomodou barbaridade e comemorou muito os dois gols do argentino e o tento final do brasileiro.

Um trio sul-americano que praticamente coloca os catalães na decisão da Liga dos Campeões, quando devemos ter, a meu ver, mais uma final espanhola. Considero o Real Madrid, mesmo tendo perdido o jogo de ida em Turim para a Juventus, favorito para avançar à final. Mas isso veremos apenas semana que vem. Na quarta, quando terá que mostrar muito mais do que apresentou na Itália. Futebol para isso o time de Cristiano Ronaldo tem. Para passar pelo Barça, porém, sei não, sei não.



  • Mario

    o Barça é um grande time , mas esta longe de ser imbatível como anos atras e “SE” o Bayern conseguir recuperar os jogadores machucados pode engrossar para castelões.

    Real já provou q pode bater facil o Barça quando Modric esta em campo , sem ele o time desmorona como aconteceu ontem contra a Juventus , sem falar q a Juventus como campeã italiana pode descansar no fim de semana e focar totalmente no jogo da champions aumentando em muito suas chances.

    • janca

      De fato não é o time imbatível de uns tempos atrás, como você bem lembrou. Mas abriu ampla vantagem. Duvido que perca a classificação para a final. E realmente o Real, se passar pela Juventus, pode ficar com o título diante do time catalão, mas acho que o Barcelona entraria para decidir como favorito. Aposto muito em seu trio atacante. Trio sul-americano, aliás.

      • Mario

        mas vc apostaria no meio campo do Barça para atrás ?

  • Alan Miguel

    Janca, boa noite. Da mesma forma que o Mario afirmou, também digo que o Barcelona é um grande time, mas não se pode dizer que é imbatível. Até os 31 minutos do segundo tempo, o jogo estava 0 x 0 e estava bastante equilibrado. A diferença é que o Bayern não tem um Messi para acabar com o jogo em 4 minutos. E outra: o Bayern joga sem 3 titulares indiscutíveis (Robben, Ribery e Alaba) há um bom tempo e isso influencia – e muito – na queda de rendimento que o time de Guardiola vem sofrendo ultimamente.

    • janca

      Sim, imbatível não é, Alan, concordo com vocês. E o jogo estava complicado, tanto que eu achava que terminaria 0 a 0, ainda mais tendo do outro lado um goleiro espetacular. Mas no final abriu uma vantagem muito grande e tem tudo para se classificar em Munique. Tudo. E Messi mostrou mais uma vez que é genial. Neymar também. E sou fã do futebol do Suárez, outro tremendo jogador. De muita garra, apesar de muitas vezes não conseguir controlar os nervos. Até hoje tem dificuldades de fazê-lo.

  • Cleibsom Carlos

    Janca, pelo menos no que se refere ao jogo de hoje não há como se falar em Messi, Neymar e Suarez. Podemos falar em Messi e mais 10 e é nessas horas que os gênios aparecem…Fazer trocentos gols naqueles timecos espanhóis e nos adversários mais fáceis da Liga é fácil, mas quando as coisas apertam não se pode esperar muito do Neymar e do Suarez e se dependesse deles o Barcelona seria um time comum. É em um jogo desses que o verdadeiro fora-de-série coloca as coisas em seus devidos lugares!

    • janca

      OK, talvez você tenha razão. Messi e mais dez. Foi Messi quem salvou o Barcelona. Mas teve dois grandes parceiros em Neymar e Suárez. Os trios se entendem muito bem no ataque, embora, concordo com você, o argentino está um patamar acima deles.

MaisRecentes

Protestos à vista



Continue Lendo

Ajustes no São Paulo



Continue Lendo

Mattos em xeque



Continue Lendo