De olho na arbitragem



Concordo que a arbitragem anda pisando na bola. Pisou nas quartas de final do Paulista, nas semifinais do Estadual do Rio, no jogo São Paulo x Corinthians pela Libertadores e agora em Palmeiras e Santos, primeira partida da decisão do Estadual de SP. Acho, porém, que jogadores e membros de comissões técnicas deveriam ficar mais preocupados com a atuação de suas equipes do que com os erros e acertos dos juízes.

Vejo muita gente tentando tirar o foco de falhas próprias para crucificar os juízes e esconder problemas internos.

O Flamengo perdeu para o Vasco num lance contestável? Sim, mas jogou pouco bola, muito menos do que poderia.

O Corinthians foi prejudicado na Libertadores contra o São Paulo? Sim, assim como o Tricolor tinha sido prejudicado no jogo de ida entre os dois pelo mesmo torneio. Nada justifica, porém, a sofrível atuação do São Paulo na primeira partida, quando Ganso tentou esconde-la criticando o juiz, que errara no segundo gol, ou a postura do Corinthians no confronto de volta. Quando o time não jogou nadinha, nadinha.

Na final do Paulista, pelo menos no primeiro jogo, a mesma coisa se passou. Técnicos, assistentes e jogadores pareciam mais preocupados com a arbitragem do que em ver suas equipes jogando futebol. Novamente tivemos alguma lambança da arbitragem em Palmeiras x Santos, no Allianz Parque, mas nada que justifique o mau futebol do Santos, especialmente no primeiro tempo, ou os erros do Verdão, principalmente na etapa final, quando perdeu grande oportunidade para abrir excelente vantagem na decisão. Preferiu focar no árbitro e não em suas próprias falhas.

Por falar em falhas, aliás, seria bom Dudu treinar mais finalização, não?

Seja como for a final em São Paulo segue em aberto, com o Santos em condições de mudar o panorama no jogo de volta e ficar com o título, embora ainda considere o Palmeiras favorito para levantar a taça. Mas isso veremos domingo que vem. Quando espero que teremos um jogo melhor e mais empolgante do que o primeiro da decisão.



MaisRecentes

Cadê os patetas?!?



Continue Lendo

Complô no Santos



Continue Lendo

O contrato de Felipe Melo



Continue Lendo