De olho na arbitragem



Concordo que a arbitragem anda pisando na bola. Pisou nas quartas de final do Paulista, nas semifinais do Estadual do Rio, no jogo São Paulo x Corinthians pela Libertadores e agora em Palmeiras e Santos, primeira partida da decisão do Estadual de SP. Acho, porém, que jogadores e membros de comissões técnicas deveriam ficar mais preocupados com a atuação de suas equipes do que com os erros e acertos dos juízes.

Vejo muita gente tentando tirar o foco de falhas próprias para crucificar os juízes e esconder problemas internos.

O Flamengo perdeu para o Vasco num lance contestável? Sim, mas jogou pouco bola, muito menos do que poderia.

O Corinthians foi prejudicado na Libertadores contra o São Paulo? Sim, assim como o Tricolor tinha sido prejudicado no jogo de ida entre os dois pelo mesmo torneio. Nada justifica, porém, a sofrível atuação do São Paulo na primeira partida, quando Ganso tentou esconde-la criticando o juiz, que errara no segundo gol, ou a postura do Corinthians no confronto de volta. Quando o time não jogou nadinha, nadinha.

Na final do Paulista, pelo menos no primeiro jogo, a mesma coisa se passou. Técnicos, assistentes e jogadores pareciam mais preocupados com a arbitragem do que em ver suas equipes jogando futebol. Novamente tivemos alguma lambança da arbitragem em Palmeiras x Santos, no Allianz Parque, mas nada que justifique o mau futebol do Santos, especialmente no primeiro tempo, ou os erros do Verdão, principalmente na etapa final, quando perdeu grande oportunidade para abrir excelente vantagem na decisão. Preferiu focar no árbitro e não em suas próprias falhas.

Por falar em falhas, aliás, seria bom Dudu treinar mais finalização, não?

Seja como for a final em São Paulo segue em aberto, com o Santos em condições de mudar o panorama no jogo de volta e ficar com o título, embora ainda considere o Palmeiras favorito para levantar a taça. Mas isso veremos domingo que vem. Quando espero que teremos um jogo melhor e mais empolgante do que o primeiro da decisão.



  • Mario

    Janca vc tem razão com ctz se o Toloi fosse expulso no primeiro tempo por pisar no Sheik não iria influenciar em nada o melhor futebol do SPFC , nem abalaria o time ou obrigaria o tecnico Milton Cruz a mudar o esquema de jogo e nem daria uma oportunidade do Corinthians q jogava mal melhorar com um jogador a mais e equilibrar a partida. #Ironia1

    e que vergonha ne todos os jogadores do corinthians q culparam o juiz no final da partida igual aos spaulinos no primeiro jogo , o Elias falando q o juiz tinha q sair de camburão igual ao Ganso, o Tite deu porrada na mesa , que vergonha #ironia2

    Janca sua analise é a melhor ……

    • Marcel Zanini

      Mario,
      Tem como passar os números da mega sena do sorteio que ocorre no meio da semana?

      Analisar futebol ou qualquer outra questão baseado na palavra “SE” é muito pobre em argumentos Mario, ridícula a sua colocação, aí é brasa pra sua sardinha!

      Como pode ter certeza que não mudaria em nada a expulsão do Tolói caso o juiz o expulsasse por ter pisado no Sheik antes da agressão do mesmo no atleta são paulino?

      O Corinthians jogou mal e mereceu a derrota, mas dizer que continuaria a mesma coisa com 11 corintianos contra 10 são paulinos é ser vidente. Que rumo tomaria o jogo, também não temos condições de saber, porque, não aconteceu, mas “SE” o Mario me passar os números corretos da mega sena e eu ganhar o premio passo a acreditar na teoria do “SE” descrita acima por ti amigo Mario.

      Abraço Janca.

      • janca

        O Mario acha que mudaria muito se o juiz tivesse expulsado o são-paulino e de fato um time com 11 contra outro com 10 pode ser uma outra partida. Ontem, no caso do Santos, que ficou com um a menos no segundo tempo, não foi. Mas há controvérsias se o lance do zagueiro são-paulino foi para vermelho ou amarelo. Enfim, alguns acham mais fácil culpar a arbitragem do que reconhecer os próprios defeitos. E o Corinthians jogou muito mal não só contra o São Paulo, merecendo a derrota, como você bem diz, mas no segundo tempo contra o Palmeiras, quando recuou demais e deixou o adversário empatar e depois vencer nos pênaltis. Melhor trabalhar pra melhorar as falhas do que ficar chorando contra a arbitragem, como fazem até agora muitos de seus torcedores. Abs. pra você também, Marcel, boa semana.

        • Mario

          e vc desconsidera totalmente q poderia não mudar , vc se porta como torcedor do time e não como jornalista , igual no caso do Neymar no primeiro jogo da copa que te deixou cego para agressão dele.

          • janca

            ??? Não entendi nada. O que quer dizer com “desconsidera totalmente que poderia não mudar”? E não fiquei cego no primeiro jogo da Copa, apenas achei que não era para expulsão. E várias vezes disse que o pênalti cavado por Fred foi lamentável. É que cada um vê (ou lê) o que quer ver (ou ler).

          • janca

            E quem se comporta como torcedor alucinado, com todo respeito, é você. Não torci nem pra A nem pra B. Queria ver um bom jogo. Que vi no primeiro tempo. No segundo, especialmente depois da lambança do árbitro na expulsão de Mendoza, a meu ver, o jogo caiu e muito.

          • Mario

            vc desconsiderou totalmente a agressão do toloi no post do jogo e ainda elogiou o juiz.

            desculpe me expressei errado , o q quis dizer é q vc desconsidera q poderia mudar a historia jogo a expulsão do jogador do Sp e se porta sim como torcedor do time , tanto q esta mordido e fez o post sobre arbitragem para justificar sua opinião.

          • janca

            Mentira. Não elogiei o juiz no post. Se é pra distorcer o que escrevo aí não tem nem discussão. Inclusive porque, se você ler o post sobre o jogo São Paulo x Corinthians vai ver que escrevei que a arbitragem se complicou. Isso é elogiar? E que errou, a meu ver, na expulsão do Mendoza, prejudicando o Corinthians, já que, pelo que eu saiba, o Mendoza não atua pelo São Paulo.

      • Mario

        por isso eu uso “SE’ é uma possibilidade e não uma realidade , mas afirmar q tudo continuaria igual como vc faz isso também é uma exercicio de futurologia ou desconhecimento de como funciona o futebol quando acontece um detalhe pequeno como expulsão de jogador aos 20 do primeiro tempo.

        Sim o SPFC jogou melhor e merecia vitoria e o corinthians jogou mal , sempre reconheci isso , apenas fiz uma observação q “SE” o Toloy fosse expulso por pisar no Sheik o jogo poderia mudar ou não.

        • janca

          Ele não afirmou que tudo continuaria igual. Até porque não continuaria. Um jogador a menos em campo faz diferença.

          • Mario

            não critiquei a opinião dele , apenas defendi a minha.

    • janca

      O Cássio não admitiu que desde o primeiro minuto de jogo o São Paulo foi melhor e tentou esconder a má atuação do Corinthians culpando a arbitragem, dizendo que a expulsão do Sheik foi injusta. E depois o próprio Sheik, que saiu reclamando do vermelho, admitiu que não foi, pedindo desculpa a seus companheiros. Você faz o mesmo que técnicos, auxiliares-técnicos e jogadores costumam fazer. Em vez de olhar para o próprio umbigo e reconhecer seus erros, ficam de olho na arbitragem e tentam responsabiliza-la por tudo e mais um pouco.

      • Marcel Zanini

        A culpa é sempre do outro, em vez de admitir seus erros, fechar a boca e trabalhar, é mais conveniente para os jogadores sentar o pau no arbitro mesmo que esse tenha feito um trabalho horrível.

        E o lance do Elias e do Centurion no final do jogo? O arbitro afinou em não expulsar o Elias, afinal qual a diferença entre o “tapa” do Mendoza no Luis Fabiano e o lance o lance citado? na minha visão nenhuma, mas o que pega mesmo é a tal da interpretação, cada um tem a sua, mas que o arbitro afinou é fato, não acha Janca?

        • Mario

          Marcel nunca justifiquei ou tentei esconder o mal futebol do corinthians no jogo , apenas critiquei a não expulsão do Toloy q poderia mudar as coisas ou não .

        • janca

          Não acho que tenha afinado, Marcel, acho que a arbitragem foi ruim e prejudicou o jogo, especialmente o Corinthians, mas nada que justifique a má atuação do time, má atuação que começou logo no primeiro minuto. O Corinthians foi engolido pelo São Paulo, assim como o São Paulo foi engolido pelo Corinthians no jogo de ida.

          • Marcel Zanini

            Na minha visão Janca o arbitro usou 2 critérios diferentes, um no caso do Mendoza/Luis Fabiano e outro no caso Elias/Centurion, onde em ambos os casos houve agressão (mesmo que bem leve) dos corintianos e simulação por parte dos são paulinos. Faltou o mesmo critério e aplicar a mesma interpretação nas 2 jogadas que foram idênticas, por isso disse que afinou!

            No caso Sheik/Toloi houve agressão das duas partes mas somente a do corintiano foi flagrada e punida. Paciência, afinal não se vê tudo dentro de um campo de futebol, errar é humano!

            Arbitragem ruim, prejudicou mais o Timão nesse jogo, mas os 2 saíram no prejuízo, afinal as oitavas de final estão aí e jogadores importantes estarão ausentes nas 2 equipes, o responsável está por aí na boa sem punição da FPF.
            Abraço.

      • Mario

        faço o mesmo me mostre um comentario q falei q SPFC jogou mal e o corinthians jogou bem?

        Todas as minhas contestações foram sobre a expulsão do Toloy q poderia ou não mudar a historia do jogo , coisa q vc não ve ou finge não ver.

        Cassio tentou justificar o mal futebol , mas não atacou o Juiz e nem disse q o juiz teria q sair de camburão ou falou?

        realmente não vi nem uma entrevista do Sheik a beira do campo ou pos jogo atacando Juiz ou justificando o Mal futebol.

        • janca

          Torcedores, como você, estão atacando o juiz. Ou não? Focando na arbitragem e não no mau futebol do time.

          • Mario

            se fazer um post sobre o mal futebol do corinthians vou concordar e dizer q vc esta certo .

            Aqui o assunto é sobre sua opinião da arbitragem e q vc desconsidera q o erro pode mudar a historia do jogo ou a pressão foi feita pelo Aidar um dia antes .

            pergunta simples “SE” o Juiz tivesse expulsado o Toloy teria mudado a historia do jogo?

          • janca

            Não desconsidero nada. E estava me referindo ao jogo de ontem, entre Palmeiras x Santos, com os dois times mais preocupados com a arbitragem do que em jogar bola. E comissões técnicas também. Sobre o juiz expulsar um jogador claro que muda a história de um jogo. Assim como muda quando ele inverte uma falta, quando marca um pênalti inexistente ou deixa de marcar um que ocorreu… O juiz faz parte do jogo. Imagino que você saiba disso.

          • Mario

            jogo de ontem não posso comentar a fundo por não assistir inteiro , mas o juiz quase expulsou o jogador errado o q diz muito sobre o nivel do Juiz ….

            peço desculpas pelo meu erro em dizer q vc elogiou o Juiz no seu post sobre o jogo SPFC X Corinthians (….), mas vc diz q o juiz se complicou na expulsão do Mendoza , mas ai o jogo já estava decidido pelo lance no Sheik e o placar no primeiro tempo q leva a minha critica sobre sua opinião da arbitragem no jogo em questão .

            Fato é q arbitragem é muito ruim e tem q ser analisada em separado do futebol apresentado pelos times.

          • janca

            Agora concordamos. O nível da arbitragem nesses últimos jogos foi muito ruim, mas tem que ser analisada separadamente do futebol apresentado pelas equipes, muitas das quais se refugiam em erros dos juízes para justificar más atuações. Como fez Ganso, de forma bisonha, no jogo de ida entre Corinthians x São Paulo. Naquele jogo o São Paulo não perdeu por causa do juiz. Perdeu porque simplesmente não jogou, foi aniquilado pelo Timão. Mas preferiu sair falando de arbitragem… Como ontem em Palmeiras x Santos. Os times têm que jogar mais e reclamar menos. Abraço e boa semana pra você, Mario

  • Zico

    O maior problema são os jogadores ! Se jogam demais , procuram sempre o contato e quando tem, se jogam pedindo falta , reclamam e xingam de toda e qualquer falta , pedem cartão em qualquer falta , enfim são chatos e mimados demais!! Em segundo são os nossos comentaristas de arbitragem , que deveriam apenas tirar algumas dúvidas em relação as regras mas querem até opinar nas escalações , quando o lance é na libertadores dizem que não é falta , mas o mesmo lance é no brasileiro dizem que é falta . De certa forma , influenciam as atuações dos árbitros. E como citou o marcel , é muito mais fácil culpar os outros pelos erros do que admitir os próprios!! Não é mesmo meu capitão horroroso (wallace)???

  • Maximus Voreno

    Ontem assisti o jogo pela rede globo, e depois vi alguns cometários na Band. O comentarista da Globo diz que o gol do Palmeiras foi legal. O da Band diz que não. O mais engraçado é que as pessoas se pautam nesses caras. Esquecem que também podem ter uma opinião.
    Sinceramente ontem não achei que a arbitragem comprometei o resultado. Claro que o juiz estava meio estabanado e isso dá margem pra muita coisa, inclusive para que os técnicos achem que tem o direito de invadir o gramado.
    Achei que o gol do Palmeiras foi legal, e o problema da jogada foi a péssima marcação do Vitor Ferraz.
    Achei que o Geovânio não fez penalti no Rafael Marques. Quadril com Quadril.
    Achei que o zagueiro do Santos foi bem expulso. A malandragem foi do atacante que começa a receber a falta dentro da área e cai dentro. Isso faz parte, o zagueiro é juvenil.
    Achei que o Ricardo Oliveira não sofreu penalti no segundo tempo.
    Enfim… concordo com todas as decisões do arbitro. E essa é minha opinião. O Gaciba não vai mudar, o Neto não vai mudar, Janca não vai mudar.
    Acho que argumentar é válido. Temos que ouvir e repeitar o outro… simples

    • Zico

      Eu achei mais penalty o do Geuvânio que o que foi marcado. Sempre prezo pelo atacante ou jogador que quer continuar a jogada , que quer o jogo!! No lance do penalty em nenhum momento ele tentou a finalização , tanto que caiu quando entrou na área!! Não era pra expulsão , mesmo que foi dada a falta , foi uma falta comum , ele não tinha clara chance de gol .

      • Maximus Voreno

        Pois é Zico,
        É um lance polêmico… e pode ser levado pelo lado interpretativo. Eu não achei que o juiz errou, mas já vi outras situações onde o juiz não marcou, não expulsou. Mas ele ao menos foi coerente. No primeiro tempo, ele deu uma falta idêntica para o Santos, mas fora da área.

        Respeito sua opinião Brother… abraços.

  • Maximus Voreno

    Sobre o jogo. .Muito se falou sobre a ausência do Robinho e do Valdivia. Acho que o Santos sentiu muito a falta do Rei do Drible e o Valdivia? ué o Palmeiras ainda sente falta dele?

    O jogo mudou com a saida do Arouca. O Cleiton Xavier deu ao time palestrino uma dinâmica melhor, opções de jogo. E se não fosse o Dudu e sua marra, o Palmeiras teria uma vantagem ainda maior. E seria uma vantagem merecida, pois o time de palestra Itália jogou mesmo melhor.

    Bom para o Peixe que na partida de volta com o fator Vila Belmiro e com Robinho de Volta ainda pode ser campeão. Mas o favorito é o Palmeiras

MaisRecentes

Protestos à vista



Continue Lendo

Ajustes no São Paulo



Continue Lendo

Mattos em xeque



Continue Lendo