Ganso na Europa



Descontente no São Paulo, onde tem feito uma temporada bem fraca, Paulo Henrique Ganso sonha em se transferir para a Europa no meio do ano, mesmo que para algum time que não seja de primeira linha. Seu estafe tem feito contatos no Velho Continente, mas sem sucesso até aqui.

Ganso, que se considera o melhor meia do Brasil, já tentou se transferir para a Europa nos tempos do Santos, mas não houve interesse por seu futebol.

Como aconteceu na Vila, no Morumbi também não se encontrou. Tem sido criticado pela torcida, faz um bom jogo e depois uma sequência de partidas sofríveis e se sente perseguido pelo treinador.

O São Paulo, conforme apuraram os repórteres Bruno Andrade e Márcio Porto, ambos do LANCE!, também tem interesse em ver o atleta longe do Morumbi. De olho na janela de transferências internacionais, a diretoria espera se desfazer do jogador e pra isso já acionou empresários na Europa, com a esperança de conseguir 15 milhões de euros, pouco mais de R$ 40 milhões, numa eventual negociação.

O problema de Ganso, a meu ver, é psicológico, já que desde 2010, quando surgiu como grande esperança do futebol brasileiro, não consegue repetir o bom futebol daquele ano e viu Neymar, que começou a seu lado, deslanchar, deslanchar e deslanchar, o que o incomodou demais.

Depois do fiasco do Brasil na Copa de 2014 cheguei a defender uma nova oportunidade para o meia na Seleção, mas jogando essa bolinha infelizmente não dá.

Ele tem um passe genial, uma excelente visão de jogo, mas atua com muita apatia em boa parte dos jogos. E o resultado está aí. A ameaça de ficar no banco de reservas, perdendo a posição na equipe titular.



MaisRecentes

A matemática do futebol



Continue Lendo

A melhor do mundo



Continue Lendo

Aprender a perder



Continue Lendo