Aidar e Muricy



Carlos Miguel Aidar deve ficar mais próximo do departamento de futebol e tirar um pouco do poder de Ataíde Gil Guerreiro, que vinha mandando e desmandando no setor.

Apesar de oficialmente ainda dizer que no futebol quem manda é Ataíde, o dirigente quer se aproximar de Muricy Ramalho, que se sente inseguro no comando mesmo tendo a garantia de que fica no cargo até o final do ano, para entender melhor o que se passa com o Tricolor em campo.

Aidar cogita mexer no departamento e pode afastar Rubens Moreno, que ocupa a direção de futebol, em caso de novo fiasco na primeira fase da Libertadores. Gustavo Oliveira, gerente de futebol, embora tenha sido trazido por Juvenal Juvêncio deve continuar mais um pouco, pelo menos até maio, embora possa mudar de função e se dedicar mais a contratos de atletas, afastando-se um pouco mais do treinador e do elenco. Mas dificilmente fica até junho/julho. Milton Cruz, auxiliar-técnico, tampouco está garantido na função e pode ser convidado para trabalhar na base.

Enquanto o time não se acerta e segue sem vencer clássicos na temporada, com empate contra o Santos e derrotas para Palmeiras e Corinthians, sendo duas só para o Timão, além de não ter feito gol nesses quatro jogos e tomado seis, o grupo de Juvenal Juvêncio segue detonando a administração Aidar. E reclamando que ele precisa explorar melhor a base, que tem sido pouco aproveitada por Muricy.

O clima ferve pelos lados do Morumbi, assim como ferve na Argentina, com um caos em Buenos Aires na véspera de San Lorenzo x São Paulo, jogo importantíssimo para os dois na Libertadores.



  • Mario

    vc vai contra todas as informações que eu vi na tv ou li nos sites e blogs ,nessas noticias todos os sitados por vc estariam para serem mandados emborra (Gustavo e o Milton terem uma ligação com o JJ )e haveria um planejamento para se contratar um tecnico estrangeiro para revolucionar tudo.

    Verdade é q o Aidar fala uma coisa , mas ninguem de dentro do futebol confia nele .

    • janca

      Acho que você não leu o texto. O diretor de futebol e o auxiliar-técnico estão numa situação diferente da do Gustavo, que o Aidar respeita e respeita muito. Pode até vir um técnico estrangeiro, mas seja como for Aidar quer se aproximar do departamento de futebol, do qual andava afastado. Em outras palavras Ataíde perde poder. Continuando ou não Muricy no comando do time.

      • janca

        E a informação de que o Gustavo é visto com bons olhos pelo Aidar é de advogado do próprio escritório do dirigente. Mas se sair um é possível que rodem todos, até em solidariedade. Nunca se sabe. E tudo depende muito do desempenho do time nos três últimos jogos da primeira fase da Libertadores. Seja como for Aidar vai começar a interferir mais no futebol, algo que não vinha fazendo, dando totais poderes ao vice da área.

      • Mario

        ai vc q não leu meu comentario , eu disse q vc vai contra as informações de outros jornalistas dão conta q todos q vc sitou seriam mandados emborra e não contestei a sua informação de q ele iria ficar .

        Minha opinião é q não dá para confiar no Aidar.

  • Victor Dunstan

    Fala Janca…é notório que Aidar tá alinhado a organizadas pra derrubar o técnico e tirar o ganso…os caras reclamam de tudo quanto é jogador e do Muricy,mas a organizada não reclama do Aidar,que desde que assumiu só fez besteiras,inventando dívidas, querendo entregar bilheteria e empresa suspeita,comissão a namorada,que ele divide com outro cara de Brasília… Saudades do Juvenal!!!

    • janca

      Mas a principal organizada do São Paulo ontem defendeu o técnico. E ameaçou os jogadores.

  • vuvu

    Diria que o Murici esta no SP. apenas a uma desclassificaçao na Libertadores, pode ser já na fase de grupos ou no mata-mata, pode ser o melhor técnico do Mundo, se nao aparecerem resultados, nao tem como segurar, e se o Murici sair o Aidar vai trazer um técnico estrangeiro no seu lugar, é o sonho dele, pode até ser que ele continue como o treinador do SP. mas está difícil ficar do lado dele também, até hoje só vi o time jogar bem, com muita garra e vontade só naquele 2X0 contra o Cruzeiro no ano passado, de resto o time só jogou aquele futebol sonolento que nós já até acostumamos a ver, e vai fazer quase um ano e meio e o time nao tem nenhum padrao pelo menos aceitável pelo grupo de jogadores que ele tem nas maos. Um abraço.

MaisRecentes

Paulistas com medo



Continue Lendo

A mágoa de Ceni



Continue Lendo

Alerta a Raí



Continue Lendo