Gol salvador



E não é que Michel Bastos, nos instantes finais, salvou o São Paulo no Morumbi?

O time, que mais uma vez não jogou bem e parecia de freio puxado, venceu o San Lorenzo por 1 a 0, chegou aos seis pontos e segue na disputa para avançar às oitavas de final da Libertadores.

Os problemas, no entanto, continuam. Muricy Ramalho não consegue definir o time titular muito menos um esquema tático para o Tricolor, que segue sendo um apanhado de jogadores em campo. Eles tocam a bola de lado, mal conseguem chegar ao ataque e têm dificuldades para criar jogadas de gol.

Não adianta o treinador reclamar que falta um líder, já que Kaká foi para os Estados Unidos após o Brasileirão, pois elenco para apresentar um futebol melhor o São Paulo tem.

Venceu em casa, mas novamente não convenceu. Pode jogar muito mais do que apresentou contra o San Lorenzo, que adotou um esquema suicida, atraindo o Tricolor para seu campo e jogando apenas por uma bola. Que quase apareceu no segundo tempo, mas Rogério Ceni, bem colocado, salvou o São Paulo, que chegou à vitória no finalzinho, finalzinho.

Uma vitória dramática que mantém a equipe viva na competição. Forte, porém, não sei…



MaisRecentes

Elogios a Loss



Continue Lendo

Não vai ter Copa?



Continue Lendo

O escândalo de Platini



Continue Lendo