Os reforços do Verdão



Mal começou a temporada e escuto muita gente, que há dias exaltava a diretoria do Verdão, reclamando do nível dos reforços contratados.

Dos 19 novos nomes, uma boa parte está aí apenas para compor elenco e não sei se irá dar certo no Palestra, mas a torcida, como já escrevi domingo, deve ter paciência. Alguns nem estrearam e o time precisa de tempo para entrosar e começar a jogar bom futebol.

Certamente o Palmeiras deste ano está muito melhor do que o de 2014 e deve render bons frutos, isso se Oswaldo de Oliveira, que não considero um grande treinador, deixar.

Entre os contratados, alguns, como o zagueiro Victor Ramos e o meia Alan Patrick, por exemplo, são de nível mediano. O próprio Dudu, tão exaltado pelo chapéu dado em Corinthians e São Paulo, que também queriam o jogador, não é exatamente um craque, tanto que começou no banco contra o Corinthians, mas não deixa de ser um bom reforço. O atacante Rafael Marques é outro que está longe de ser um gênio, assim como o goleiro Aranha, que veio para brigar por posição com Fernando Prass, mas, bem ou mal, deixam o elenco um pouco mais forte. Com mais opções.

Dos contratados o melhor, pelo menos pra mim, é o volante Arouca, que considero um ótimo jogador, talentoso e muito aguerrido. Pode fazer a diferença.

O problema talvez seja que a torcida imaginou que o Verdão ia começar a temporada jogando muito, algo que não aconteceu, especialmente diante de Ponte e Corinthians, duas merecidas derrotas no Allianz Parque. Mas dá para engrenar pouco a pouco e fazer boas campanhas em 2015. Pelo menos brigar para não cair duvido que o Verdão vá de novo. Tem tudo para alçar voos mais altos, não?



MaisRecentes

Complô no Santos



Continue Lendo

O contrato de Felipe Melo



Continue Lendo

Naming rights em 2019



Continue Lendo