O novo Engenhão



Segundo um graduado funcionário da Mendes Júnior, empreiteira responsável pela construção da Arena Pantanal, os problemas no estádio podem não ser tão simples como o governo do Mato Grosso vem colocando e uma análise mais detalhada do caso será necessária.

Uma das arenas da Copa, o estádio em Cuiabá apresenta falhas na rede elétrica, tem uma série de infiltrações que prejudicam ainda mais a energia no local e vários setores alagados.

O governo do Mato Grosso, que interditou o estádio, espera que reparos sejam feitos imediatamente e que até o final do mês esteja tudo em ordem.

Na Mendes Júnior, porém, a preocupação é maior e o caso não está sendo tratado como uma questão menor (ou de meros reparos), embora o discurso oficial seja diferente, seguindo a linha do governo.

Uma avaliação melhor da arena terá que ser feita, inclusive para ver se não há problemas estruturais, como os verificados no Engenhão, a principal obra do Pan de 2007, fechada em 2013 para acertos que de pontuais não tinham nada.

Para piorar, a construtora reclama que está com problemas de caixa, inclusive porque se vê diretamente envolvida no escândalo Petrobras e teve executivos indiciados pela Operação Lava Jato. Ou seja, dependendo do tamanho do estrago não está descartada a hipótese de mais dinheiro público ser usado no reparo da Arena Pantanal, o que o governo de Mato Grosso nega.

Para erguer a arena, que recebeu quatro jogos da Copa e foi toda construída com verba pública, foram investidos mais de R$ 600 milhões.

Além da de Cuiabá, interditada ontem, a de Manaus, que recebe um torneio de clubes, entre os quais Flamengo e Vasco, protagonistas de brigas de torcida dentro e fora do estádio, e a de Brasília, a mais cara da Copa, passarão por vistoria nas próximas semanas. Espero que estejam em ordem, porque dor de cabeça a Arena Pantanal, por si só, já dará suficiente.



  • Otávio Castro

    Tomara que tenha problemas estruturais e caia. Quem sabe assim os responsáveis pelo projeto, pela execução e pelo financiamento dessa farsa sejam processados??

    • janca

      Se cair que não tenha ninguém dentro. Porque o torcedor estava correndo risco e não sabia… Uma lástima, Otávio.

      • Xunin

        Se cair, que lá dentre esteja toda corja do PT e seus militantes….

        • janca

          Se cair (mas cair duvido que caia) que não tenha ninguém dentro. Lembrando que os estádios não foram construídos e viabilizados graças apenas a verbas federais, mas estaduais e municipais também, envolvendo diferentes partidos. Inclusive o PT, partido que comanda o país há mais de 12 anos. E uma das questões é que a promessa de governo e CBF era que os estádios seriam construídos e viabilizados integralmente com dinheiro privado, o que não aconteceu. O governo (seja municipal, estadual ou federal) respondeu por 83% dos gastos com arenas, a iniciativa privada, com 17%.

  • sandrofla

    Lamentável é colocar mais dinheiro público e ainda pior, nas mãos da Mendes Junior, encalacrada até o pescoço com a crise (corrupção) na Petrobras.
    Poderiam ao menos licitar não valores, mas fornecedores.

    • janca

      Mas a Mendes Júnior tem obrigação, a meu ver, de reparar as falhas no estádio, que pelo jeito são mais sérias do que se pensava. Até porque ganhou muito bem para construí-la. Só falta a reforma ficar por conta do contribuinte. De novo. Pois foi ele que pagou a construção da Arena Pantanal. Integralmente.

      • sandrofla

        A Mendes está quebrada, Janca…estou no polo industrial em Macaé e os caras estão pedindo dinheiro emprestado ao governo federal, mesmo com seus nomes envolvidos em corrupção,
        para tocarem obras em andamento como as da Olimpíada por exemplo…essa conta será paga por todos nós.

        Abraço Janca.

        • janca

          Oi Sandro. Quem conversou da Mendes comigo não disse que ela está quebrada, mas que a situação está complicada depois da Lava Jato. Até por isso acha que o governo de Mato Grosso acabará pagando a conta, o que o governo, aliás, nega. Como colocou o Mario logo em seguida, ano novo, problemas velhos, embora agora ainda mais graves. Veja o caso da falta de água, de energia, aumento de impostos, tudo o contrário do que os políticos de PT e PSDB e tantos outros partidos que ganharam as eleições falavam. Ou prometiam, embora já soubéssemos que a situação era complicada. Uma rara exceção é no Maranhão, bom ver o novo governador batendo de frente com as regalias de décadas da família Sarney, que se considerava e acho que ainda se considera a dona do estado. Abs.

  • Mario

    ano novo , problemas velhos , nada muda ,q venha as olimpiadas e os milhões q vão custar .

  • lm_rj

    Janca,este é o nivel dos caras q cmandam o nosso futebol:
    http://www.super-gol.com/rubens-lopes-cogita-o-cariocao-sem-o-maracana-nao-vejo-absurdo/

MaisRecentes

Apoio a Jô



Continue Lendo

Os preços da Seleção



Continue Lendo

O título do Timão



Continue Lendo