Novela dos naming rights



O candidato da situação do Corinthians, Roberto de Andrade, terá que voltar atrás em uma de suas declarações sobre a venda dos direitos de nomear a nova arena do clube. Segundo ele, uma definição (para o bem ou para o mal) aconteceria até o final do ano por parte dos Emirados Árabes, com os quais Andrés Sanchez negocia há tempos os chamados naming rights. De acordo com a própria presidência, porém, o acerto deve mesmo ficar para o ano que vem. Se sair até lá…

Mário Gobbi, atual mandatário corintiano, promete apenas a definição do nome do novo técnico para esse ano. O prazo para o anúncio é segunda-feira. O favorito é Tite, com quem o Timão tem conversado há um tempo e estaria muito próximo de fechar contrato. Contatos também foram feitos com Oswaldo de Oliveira. Com Abel Braga, pelo menos segundo a situação, não.

Além do novo treinador, o Timão deve anunciar até segunda as contratações do volante Cristian, do lateral Edilson e do atacante Leandro.

Já em relação aos naming rights o clube não teria tido uma resposta dos Emirados Árabes. Não havendo acerto até o final do ano, um novo nome, além do de Andrés, deve assumir as negociações no Brasil e no exterior, já que o ex-presidente corintiano irá se dedicar à política. Foi eleito deputado federal pelo PT-SP e assume seu mandato em janeiro.

Além do preço, a intenção do Corinthians era de receber R$ 400 milhões por um contrato de 20 a 30 anos pela venda do nome da arena em Itaquera, o período não está definido e pode ser reduzido para até cinco anos.

O estádio, um dos palcos da Copa do Mundo no Brasil, custou cerca de R$ 1 bilhão e as negociações dos naming rights se arrastam desde fins de 2011. Andrés Sanchez pretendia termina-las até fevereiro de 2012, mas não obteve sucesso.

Em fevereiro próximo o clube terá novas eleições e Mário Gobbi, eleito com apoio de Andrés, deixará o cargo. Além de Roberto de Andrade, pela situação, concorrem Paulo Garcia, pela oposição, e Ilmar Schiavenato, que fez parte da atual diretoria. Um quarto nome, porém, começou a aparecer com força no Parque São Jorge: o de Antônio Roque Citadini, que há tempos se desligou de Paulo Garcia. Assim como há tempos Andrés, de amigo de Gobbi, passou a crítico da atual gestão.



  • Charles

    e o keko ?

  • Sorocaba já foi boa, agora só desordem

    O Mário Gobbi endividou o clube pagando salários fora da realidade, renovando contratos com altos salários para jogadores que nem deveriam ficar no clube e principalmente pagando salários bem gordos para mais de 10 jogadores atuarem em oturos clubes.

    E o pior é que fica por isso mesmo, o cara faz besteiras, joga fora o dinheiro do clube e não acontece nada com ele. Prá encerrar o mandato com chave de ouro vai pagar 650 mil de salários para empaTiTE, 400 mil para o Christian, sem contar 500 mil do Elias, etc…

    Ou seja, o Gobbi só fez besteiras, deveria responder pelos “crimes”.

    Em relação ao Naming Rights, que estão 3 anos atrasados, é óbvio que o Andrés insistiu na empresa árabe e pelo jeito tomou um pé na bunda. Quando conseguirem vender, metade do valor vai ser para pagar os juros dos empréstimos contraídos em virtude dessa demora.

    Espero que o Citadini vença as eleições. Tá na hora de eliminar essa corja do Timão.

    • ROBERTO JUNIOR

      O CITADINI LEVOU O CORINTHIANS PRA SEGUNDA DIVISÃO, ERA BRAÇO DIREITO DO VELHINHO LADRÃO, TÁ LOUCO!!!

    • wilson

      É melhor empaTITE do que perdemenezes

    • Citadini? Você está de brincadeira. O cara é demagogo, politiqueiro do pior tipo, vive ao sabor de torcidas organizadas e para piorar foi braço direito de Dualibi apoiando MSI e depois se dizia opositor quando o barco fez água. Sem noção.
      Por falar nisso, onde forma parar as escusações contra e empresa? Matéria e mais matéria sobre o Russo que era tudo, desde escroque internacional até mafioso. Acabou a parceria, sumiram as matérias, as acusações e nada se provou contra o investidor em contra partida quem parece que metia a mão no clube era Dualibi. Que coisa não é? Acabaram com a parceria aqmase

  • Sidnei

    Janca, a verdade é que tudo indica que não exista negociação alguma com árabes. Os dirigentes do corintians são mentirosos compulsivos, e muito provavelmente esperavam o tal naming rights de alguma estatal, só que com os acontecimentos recentemente, dos muitos escândalos de corrupção no país, perderam completamente o rumo e criaram essa “negociação virtual” com uma empresa que está no imaginário de qualquer torcedor (Emirates), até que surja alguém do governo pra resolver esse impasse em que eles se meteram. Lamentável apenas vocês da imprensa, repercutirem esse tipo de “especulação” que parte sempre dos dirigentes corintianos, sem ao menos darem ao trabalho de saber a veracidade dessa informações.

    • janca

      Negociação há. Ou houve. Mas nada concluído até agora e com a economia do jeito que está a coisa pode piorar um pouco mais… Enfim, aguardemos. Abs.

  • Janca , todos sabemos que falar a verdade não é uma prática muito comum lá pelos lados do Corinthians . Ah , mas todos os clubes são assim . Ok , mas estamos falando do Corinthians , certo ? Pois bem , é tão óbvio que nunca existiu o interesse da Emirates nesse assunto que somente aqueles que gostam de ser enganados ainda mantém uma esperança sobre isso . Vejamos , a Emirates só tem um voo para o Brasil , aliás dois , pois segue uma extensão do voo de Dubai até Buenos Aires . E mais , nào hã concorrentes nos voos para Dubai . Isso , por si só , já torna a negociação com a Emirates totalmente improvãvel . Soma-se a isso a baixíssima visibilidade do futebol brasileiro no exterior . E mais , se houvesse o mínimo interesse eles não perderiam a Copa do Munda , quem lhes renderia alguma visibilidade internacional . E de bobo árabe não tem nada . E outras empresas ? Também é muito pouco provável , por mais que o Corinthians diga que tem uma fila de empresas . É lógico que o Corinthians vai dizer isso . Se vc quer vender algo vai dizer que nunca apareceu um pretendente ? Na minha opinião uma pequena parte da nào negociação do naming rights se dá pelo crise de mercado . Mas , repito , apenas uma pequena parcela , pois em 2010/11 e 12 não existia crise , e nada foi fechado . Na minha opinião as razões mais fortes para que a negociaçào tenha cara de fiasco são a falta de credibilidade na instituiçào Corinthians ( dirigentes ) e o grande imbróglio que envolveu e envolve a construçáo do estádio , como : dívidas quase que impagãveis , corrupção , conchavos políticos e uma absurda rejeição da sociedade em relação as mutretas . Enfim , nenhuma empresa tem confiança no futuro do clube e muito menos se dispõe a associar a sua marca à do Corinthians . Concorda , Janca ? Abs .

    • Robson Pacheco

      Engraçado um flamenguista falar em falta de credibilidade.

      • Zico

        Está entre parênteses diretoria .

    • INVICTO

      Faz até sentido, vc pode até ter razões em alguns pontos que vc tocou. Porém, não imagina o tamanho e a força da marca Corinthians, a mais valiosa das américas. Qual empresa, em condições, não gostaria de estampar o nome em um estádio de abertura de copa do mundo? Se eu tivesse os 400 milhões, já teria feito proposta para o corinthians!
      Concerteza a marca da minha empresa irá valorizar no mínimo 300% no ano, no mínimo…
      abç, saudaçoes alvinegras.

      • As suas considerações são para serem levadas a sério ?

        • Charles

          Eu nunca investiria meus 400 milhoes num naming rights !

    • janca

      Muita empresa quer ver seu nome atrelado ao do Corinthians, sim, até pelo poderio de sua torcida. Poder de consumo, inclusive. Abs.

      • Britto

        Petrobras, CPTM, Metrô…só gente fina…

        • Essa imagem de clube sem escrúpulo nunca vai sair do Corinthians , até porque o clube não faz nenhum esforço nesse sentido . Muito pelo contrário , è só sonegação , relatórios financeiros forjados , dirigentes e conselheiros com participações em direitos econômicos de jogadores , o clube servindo de barriga de aluguem para empresários e por aí vai … Por isso que empresa particular séria tem tanto interesse assim em se associar ao Corinthians ?

          • Kelvin Batista

            Você por acaso acompanha as informações do mundo ou é um alienado metido a entendedor ? Todos os clubes no mundo vivem essa realidade não, isso está atrelado ao mundo dos negócios não somente ao Corinthians, se uma empresa não quer mais se associar as informações citadas por você, não existiria investidor mais no futebol mundo !!! A FIFA por exemplo nunca mais realizaria Copa Mundo, as Olimpíadas não seriam realizadas, e pelo contraria a mídia da lucro isso está provado e o Corinthians vocês querendo ou não é o clube mais midiático das Américas, pela historia do clube, pelo presente do clube, pelo que o Corinthians se tornou e pelo o que vocês antis que odeiam o Corinthians nos transformaram, obrigado o ódio de todos vocês aliado a historia de vitórias marcantes do Corinthians transformaram nossa marca em uma potencia ! O grande problema do Brasil é achar que só o Brasil é um pais disso ou daqui, aqui é como em qualquer lugar, infelizmente há corrupção, há idiotas como você, há idiotas que reclamam, mais não fazem nada pra mudar pelo menos o nosso pais, e vivemos assim achando que seremos melhores desmerecendo os outros, mais não adianta brother nada que saia dessa sua cabeça de girino irá manchar a historia do Corinthians.
            O Corinthians é o time mais vitorioso dos ultimos anos, conquistou todos os titulos possivel !

            2 Campeonato Paulista
            Copa do Brasil
            Campeonato Brasileiro
            Mundial de Clubes
            Libertadores
            Recopa Sulamericana

            Isso nos ultimos 5 anos … Se uma marca dessa não tem credibilidade, manda fechar todos os clubes do pais !!!

          • Charles

            Não tem tanto interesse nao. Pois isso só ocorre 1 vez a cada 100 anos.

  • joe LHP

    Com essa administração corrupta e safada comandada pelo fanfarrão do Andrés iremos sim é ficar sem nada, a política no PSJ não deve em nada para o da Turiassu e o da Santa Casa, a propósito o dito hospital filantrópico foi infestado por gente que é adepto da “pilantropia”, meus parabéns ao secretário de saúde David Uip por fazer uma auditoria lá antes de despejar dinheiro público ali como queriam os demagogos de plantão, pois se fosse por essa gente o contribuinte continuaria a ser roubado.

MaisRecentes

Itaquera-2018



Continue Lendo

Brigas no Fla



Continue Lendo

Paulistas com medo



Continue Lendo