A salvação do Verdão



Ontem escrevi numa das três notas no final da minha coluna no LANCE! que continuo achando que o Palmeiras não vai cair, embora, claro, possa acabar queimando minha língua. Mas insisto que o time tem boas chances de seguir na Série A.

O principal motivo, a meu ver, e que venho apontando há tempos, é o fato de ainda haver times piores no Brasileiro, caso do Criciúma, que já caiu, do Botafogo, que deve cair no final de semana, do Bahia e do Vitória, para ficar em quatro exemplos.

Escutei anteontem no rádio previsões catastróficas em relação ao Palmeiras, que estaria em desvantagem quando comparado ao Vitória. O argumento era de que o Vitória enfrenta dois times a passeio, Flamengo, fora, e Santos, em casa, enquanto o Verdão terá o Inter, no Sul, com os gaúchos firmes na briga por uma vaga na Libertadores, e o Atlético-PR, em casa, na última rodada, com um time tão eficiente quanto o Sport, que venceu o Palmeiras na inauguração do Allianz Parque.

Só que vou contra a corrente. Se Flamengo e Santos estão a passeio, o Atlético-PR também está. E o Palestra tem um ponto de vantagem em relação ao Vitória, que teria que vencer sábado o Flamengo para ultrapassar o Verdão. Contando, claro, com derrota ou empate do Palmeiras no Sul. Caso paulistas e baianos empatem em pontos, a vantagem é dos primeiros, que têm maior número de vitórias. E ainda acho que o time do Vitória consegue ser pior do que o do Palmeiras…

Nada isenta, porém, a diretoria do Verdão que fez um trabalho pífio nos dois últimos anos, especialmente no marketing e no futebol. Contratações equivocadas, técnicos mal escolhidos, improvisações umas após as outras, o resultado é o que vemos… O time brigando para não cair mais uma vez.

Definitivamente a torcida do Palmeiras merece coisa melhor… E que, lamentavelmente, não é a oposição que concorre à eleição presidencial, talvez até mais fraca do que os atuais comandantes.

Desde já desejo um bom restante de semana a todos e volto a publicar no final de semana, com uma rodada que promete, especialmente na parte de baixo da tabela, além da briga pela Libertadores, que segue acirrada com os dois gaúchos na disputa.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo