Cruzeiro e pontos corridos



Merecidíssimo o título do Cruzeiro, que foi o melhor time no Brasileirão do começo ao final da competição.

Antes mesmo de terminar o primeiro turno era difícil imaginar que algum outro time pudesse supera-lo. Montou um elenco forte e consistente que ganhou o Nacional pela segunda vez seguida.

Sei que muitos acham o formato do Brasileiro sem graça, mas ele acaba premiando os melhores. Não teria sentido o Cruzeiro enfrentar agora o oitavo colocado na classificação, em dois jogos, podendo perder a vaga para eventuais semifinais por um descuido.

Sou a favor do mata-mata para torneios como Copa do Brasil, Libertadores, Sul-Americana e mesmo Estaduais, mas para o Brasileiro ainda acho o formato de pontos corridos mais interessante. E um estímulo a investimentos mais consistentes na estrutura do departamento de futebol.

Aproveito a oportunidade para elogiar também o empenho do São Paulo, que segue firme na vice-liderança e se recuperou no segundo turno. Mas não teve a consistência, em todo o torneio, apresentada pelos mineiros, que estão de parabéns por mais uma conquista.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo