Thiago Silva, não!



Não bastasse o que aprontou na Copa, Thiago Silva voltou muito mal à Seleção e pelo jeito não deve seguir com Dunga em 2015.

O técnico preferiu não cortar o jogador, mas ficou claramente insatisfeito com suas declarações à imprensa, que depois acusou de mal-intencionada, sobre o fato de ter perdido a braçadeira de capitão para Neymar.

Thiago Silva reclamara por não ter tido conversa com ninguém sobre a faixa de capitão e disse textualmente: “Isso me deixa chateado.” Ontem, porém, afirmou que “as notícias eram mal-intencionadas”, como se não houvesse ocorrido nada e fosse só futrica de jornalista. E disse: “Estamos bem de novo.” Sinal de que a coisa pegou, porque em algum momento o clima esquentou… Se tiveram que fazer as pazes (o zagueiro e Neymar) é porque houve estremecimento, sim. E causado não pela mídia, mas pelo temperamento do próprio Thiago Silva.

Como bem disse Dunga, na Seleção “você tem que conquistar minuto a minuto, segundo a segundo”. E isso o zagueiro do Paris Saint-Germain, ao contrário de seu colega de time David Luiz, definitivamente não tem feito. Aliás não entendo o porquê de ter sido chamado para os dois amistosos, contra Turquia e Áustria. Thiago Silva, claro, não David Luiz, que, ao contrário do primeiro, merece continuar defendendo o Brasil.



MaisRecentes

O emocional, de novo



Continue Lendo

A cabeça de Neymar



Continue Lendo

Crise no Peru



Continue Lendo