Clubes x CBF



São Paulo, Cruzeiro e Atlético-MG ensaiam movimento contra a CBF, pedindo mudanças no calendário brasileiro.

Não querem continuar cedendo jogadores ano que vem à Seleção quando tiverem jogos por competições nacionais. E a pressão até surtiu efeito nessa última convocação do Dunga, feita agora há pouco.

Ameaçam inclusive não entrar em campo se tiverem que ceder jogadores fora de data-Fifa e atuar sem eles em 2015, sendo que o São Paulo ainda cobra mais de R$ 10 milhões por atletas convocados nos últimos anos e deve ser seguido por outras agremiações na demanda.

E eles têm razão em relação ao calendário. A CBF que organize melhor seus campeonatos e os sincronize com os jogos da Seleção. Os amistosos e os oficiais.

A confusão, claro, não é de hoje. E desestabiliza um campeonato como o Brasileiro e a própria Copa do Brasil, como vimos semana passada em Atlético-MG x Corinthians e Santos x Botafogo.

Fora que fazer jogador atuar em intervalo de menos de 48 horas tendo atuado em dois continentes diferentes e com a viagem no meio é brincadeira. Em 2014? Depois acontece gol da Alemanha e não sabemos o porquê. Como costumo dizer o problema não era a zaga ou a comissão técnica. O problema está na gestão. São nossos dirigentes.



MaisRecentes

Nova caminhada



Continue Lendo

O desabafo de Cuca (ainda)



Continue Lendo

As críticas de Cuca



Continue Lendo