O baile de Neymar



Belíssima atuação do Brasil contra o Japão, quatro gols de Neymar, que deu um baile em Cingapura e já é o oitavo maior artilheiro da história da Seleção.

Claro que Dunga está apenas iniciando um trabalho e não conto muito os resultados de tais amistosos, foram três até aqui mais o Superclássico das Américas, que ganhamos outra vez da Argentina. De qualquer forma o técnico tem tentado manter uma base, faz preciosos testes na defesa, convocou os experientes Kaká e Robinho e encontrou ótima dupla no ataque, com Diego Tardelli agora ao lado de Neymar. Que é, indiscutivelmente, um craque.

Tenho gostado também das declarações de Dunga, que não poupa críticas à empresa que “ganhou” da CBF o direito de organizar os jogos do Brasil. Sábado pegamos os argentinos na China, com uma poluição insuportável e um estádio com gramado pavoroso, colocando em risco a integridade dos jogadores. Depois uma viagem para Cingapura, outro gramado lamentável e um adversário também questionável. Como foram, no passado, Zâmbia, Iraque e África do Sul, a meu ver.

É bom que alguém coloque a boca no trombone. Foi uma viagem exaustiva, há a questão do fuso horário e um desgaste desnecessário. Não, talvez, para os organizadores dos dois jogos, que merecem uma saraivada de críticas, como as de Dunga.

Volto a postar na próxima segunda-feira, dia 20, mas até lá, dentro do possível, sigo respondendo os comentários de vocês. Um bom restante de semana a todos, João



  • Marcel Zanini

    Me desculpe, mas enfiar o dedo no furevis da onça morta é fácil Janca assim como 4X0 no Japão, quero ver quando valer alguma coisa!
    Kaka, Robinho, Tardelli e alguns mais aí não dá!
    O Brasil tem uma molecada com potencial e temos que usar isso a nosso favor e como o Romário disse e concordo com ele, Kaká, Elias, Tardelli e Robinho não são uma renovação, são bons jogadores e só.
    Apostemos numa geração que vai nascendo, como o Gabigol do santos, o Talisca do Benfica, o Phelipe Coutinho, Marquinhos do PSG, o Malcom do corinthinas, o Thales do palmeiras e tantos outros espalhados pelo Brasil e pelo mundo.
    E nosso goleiro, o Jeferson é um bom goleiro, com idade e só. Precisamos de alguém com potencial para os próximos anos, pra copa de 2018 e você Janca tem alguma indicação para a nossa meta?

    • janca

      Como já disseram aí o Japão não é nenhuma Zâmbia da vida, mas você tem razão, era apenas um amistoso. De qualquer forma Kaká, Elias, Robinho e Tardelli podem ser importantes para as eliminatórias, embora tenhamos que ficar de olho, claro, na nova geração. Sobre o gol, gosto do Jefferson. Acho que ele é um excelente goleiro e poderia ter sido titular na última Copa. O Júlio César não vinha treinando, tanto que ficou um tempo sem time e chegou a parar até no Canadá.

      • Marcel Zanini

        Aí Janca, concordo com você no caso da titularidade do Jeferson na copa aqui no Brasil, o Julio César teve uma fase boa que terminou na Copa da Africa, fora essa fase quando ganhou a euro com a Inter Julio Cesar sempre foi goleiro mediano, no Brasil igual a ele temos várias opções, o que falta é peito pra quem convoca chamar.
        Mas você não me respondeu, afinal o Jeferson tem 31 anos e seria um bom e experiente reserva para 2018, minha opinião hoje, diga-se de passagem, mas e nosso futuro camisa 1 de fato, quem seria hien Janca?

    • Renée Da Vinci

      Enquanto essa seleção for dirigida pelo Dunga, com o Gilmar (quem???) fazendo não sei o que por lá, mais o Marin que dá saudade do Ricardo Teixeira, torço contra.

      E mais, o Neymar é um grande jogador, mas não é craque. Deixou isso claro na Copa. Só aparece quando pega baba pela frente, como foi com o Japão.

      A mim não convence. Se eu queria ele no meu time? Claro que sim. Afinal, é um grande jogador… mas não é craque. Quanto a isso, nem o Tostão é capaz de me convencer.

      • janca

        Opinião cada um tem a sua. Acho o Neymar um tremendo craque. Quando jogava no Santos diziam que na Europa iria desaparecer. Nada. Seguiu jogando muito. Na Copa foi bem, não jogou contra a Alemanha porque estava contundido… E não se sai bem só contra baba, não. Mesmo contra o Japão não é qualquer um que marca quatro.

  • carlos martin

    pare de questionar os advesarios, meu amigo, a mdia tem essa mania de diminuir os jogos da selecao, Colmbia, equado e Argentina nao sao nenhuma Zambia da vida, caracas, e Japao de la sua forca, vcs gostam eh de criar polemicas e de djogar contra a selecao , nosso que mania idiota…

    • janca

      Alguns adversários podem ser questionados, sim. Claro que Colômbia, Equador e Argentina não são nenhuma Zâmbia da vida, mas também temos que contextualizar os amistosos. Não se trata de Copa do Mundo. Amistoso é uma coisa, jogo oficial, outra bem diferente.

  • Cleibsom Carlos

    As Neymarzetes podem espernear quando seu ídolo é criticado, mas o cara dá motivo! Quando o adversário é um “saco de pancadas” o Neymar arrasa e dá show, mas quando o rival do Brasil é uma seleção do 1º escalão, seja em jogo oficial ou amistoso, o garoto desaparece e fica chupando dedo e coitada da seleção brasileira se algum coadjuvante qualquer não tiver o seu dia de protagonista. Outra coisa, Janca, Kaká não está nos planos do Dunga e foi convocado apenas por questões “comerciais” para esse passeio pelo Oriente, como muito bem percebeu o presidente do clube paulista. Ver a exaltação da mídia brasileira por causa dessa vitória sobre a fraquíssima seleção japonesa é dose…Os jornalistas brasileiros parecem ter perdido a noção com a crise que o futebol brasileiro atravessa. Os gelados alemães são bem mais coerentes pois festejaram o título mundial e nem ligaram quando foram goleados pela Argentina naquele amistoso meia-boca logo após o título. E eles estão certos!!!!!!

    • Desculpa mas vou descordar…

      Primeiro se ser “neymarzete” é gostar de futebol independente de clube, se ser “neymarzete” é compartilhar da opinião de todos os últimos 3 técnicos da seleção, do Romário, do Ronaldo e agora do Messi (que sim apontam Neymar como super-craque) então aceito o rótulo, penso estar bem acompanhado.

      Segundo, o problema é que essa estória de que ele não aparece em alguns jogos é mentirosa, claro que nem sempre ele dá show, mas dai a dizer que não fez nada é ridículo. Parece desespero sem proporção, veja por exemplo contra Argentina, não deu show e não fez gol, mas jogou bem, perdeu gols, mas se apresentou deu passes se movimentou. CR 7 é um monstro, mas na copa fez o que?

      Espernear me parece muito mais coisa de quem apontava a imprensa nacional ser culpada por reverenciar o craque, mas agora tem que ler também da imprensa européia a valorização dos feitos de Neymar (alias hoje é melhor você se isolar do mundo porque vai acontecer de novo para seu desespero)

      Além do que parece que alguns tem muita dificuldade de aceitar o fato de que Neymar é o melhor de sua geração (até 22, 23 anos) e não cansam de compara-lo. Primeiro foi com Ganso ainda no Santos, muitos achavam o Ganso muito melhor, erraram. Ai apareceu o paraguaio Iturbe, esse sim era o novo Messi (tisc). Surgiu ainda o Lucas no São Paulo, mas como os outros, nem perto chegaram.

      Aceite os fatos, não tenha medo de mudar de opinião, de admitir que seu “palpite” foi errado QUE SUA OPINIÃO SE BASEIA MUITO MAIS NO PESSOAL QUE NO ESPORTIVO, é muito mais sensato que querer contrariar todos os COMENTARISTAS DO MUNDO.

      • reinaldo de barros

        Parabéns pelas suas palavras, na verdade esse sujeito é um daqueles que desde 2009 torcia contra o Neymar, diziam que ele não ia dar em nada, fogo de palha, mas o Neymar só vem crescendo, hoje ele joga num dos melhores times do mundo e é um dos melhores do mundo como jogador, e isso esta incomodando seus invejosos, achando que falar mal do Neymar vai diminuir seu futebol e seu sucesso, não passa de um babacão invejoso, é só.

      • Cleibsom Carlos

        Quem esperneia são as Neymarzetes quando seu ídolo é criticado…Que Neymar é o melhor de sua geração me parece evidente e isso só demonstra a decadência do futebol brasileiro. Sem dúvida que o Neymar é um bom jogador, mas elevá-lo à categoria de “fora-de-série” é um exagero que beira o ridículo!

      • Renée Da Vinci

        Neymar não é craque, CR7 não é craque, Messi não é craque. Excelentes jogadores, queria qualquer um deles no meu time (como já disse acima), mas não são craques (ou então tem que se fazer uma escalonagem na categoria “craque”). Nenhum deles chega aos pés de um Zico, ou Rivelino, ou Gérson, ou Tostão, ou Cruyff, ou Zidane, ou, ou, ou… (notaram que deixei Pelé e Garrincha como hours-concours?).

        • Renée Da Vinci

          Sem esquecer o Romário, Ronaldo Fenômeno e o R10. Esses sim, craques.

          • janca

            Como Messi e Neymar. E Rivaldo, um dos principais responsáveis pelo título de 2002. Mas que nunca foi bom de marketing.

        • janca

          Novamente discordo. Acho os três que você citou craques e é difícil comparar gerações, os tempos mudam, as condições de jogo e treinamento também… Temos craques no atual momento do futebol mundial, sim.

  • Cleibsom Carlos

    Outra coisa que esqueci de comentar no post anterior, Janca: a tendência é a seleção brasileira jogar cada vez mais nos mercados periféricos do futebol mundial. A camisa verde e amarela está em baixa e naqueles mercados que importam no que se refere a qualidade técnica do futebol praticado ninguém está nem aí para a seleção brasileira e caso os organizadores banquem um amistoso desse nesses mercados será prejuízo na certa.

    • Errou de novo…

      …Desculpe parece que você ainda não tem a informação, mas já existem mais 2 amistosos marcados para seleção.

      Ao contrario de sua “advinhação” serão na Europa em Viena contra a Áustria e em Stambul enfrenta a Turquia. No primeiro os ingressos se esgotaram em 3 horas!

      • Cleibsom Carlos

        Cara, você vive em outro planeta! O 1º mundo do futebol europeu está na Inglaterra, Espanha e Alemanha, o resto é 2º escalão. Se a seleção brasileira jogar em alguns desses mercados será prejuízo na certa para os organizadores…

  • Arthur Damasio

    Diego Tardeli pode ser sim o parceiro do Neymar daqui pra frente, esse time esta muito bom para eliminatórias, estão pedindo sangue novo, mas quem ? Alguns já estão ganhando destaque como Phelipe Coutinho, a mudança tem que ser gradual. Eu só acho que o Lucas tem lugar nessa seleção tranquilo e Elias esta com os dias contados. Abs

  • bruno

    Ola, amigos, me perdoe não assistir mais ao rachão de brasil.. e seja la quem for.. mas não pude notar , que o decisivo , o estupendo , e CAPITÃO kkkk e super pipoqueiro aquele que não chega nem aos pés do esquecido rivaldo , marca gol contra o japão .. e a midia o coloca num pedestal?… concordo sim : temos mal jogadores , abitros horríveis , e jornalistas esportivos mediocres.. do tipo que o maximo que se aproximaram de futebol na infancia foi o jogo de botão!.. então mais uma vez.. rei rei rei.. o neimar é nosso rei.. kkkkkkkkkkk

    • reinaldo de barros

      BRUNO: baseado nas besteiras que você escreveu, da na cara que morre de inveja do sucesso do Neymar, não precisamos nem falar, baste ler as bobagens, é coisa de pessoas sem inteligência, seu cérebro deve ter sujeira de porco, só pode ser. Veja onde o Neymar joga e veja a posição social que ele se encontra hoje sendo que ele não era nada em 2009, é claro que você morre de inveja dele, e não adinata falar mal do menino, ele é humilde, rico e famoso e continuar fazendo sucesso, SOSSEGUE, continue torcendo para o Patros virar um craque kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

MaisRecentes

Ainda dá?



Continue Lendo

Saída de Lucas Lima



Continue Lendo

Dorival bombardeado



Continue Lendo