Palmeiras e Caixa



Uma parte do conselho do Palmeiras quer que a diretoria insista com a Caixa Econômica Federal para patrocinar o clube a partir de 2015.

Um dos argumentos é que ela já “banca” o Corinthians e então, pelo menos segundo o conselho, seria justo levar sua marca ao principal rival do Timão também, algo que costuma fazer em outras cidades e estados, aliás.

O Verdão está sem patrocínio máster desde o ano passado e até agora não conseguiu um novo, tendo focado na iniciativa privada.

Com a Certidão Negativa de Débitos que conseguiu junto à Receita Federal a ideia é que busque um parceiro no setor público e nada melhor do que a Caixa, que patrocina seu maior rival.

Há dois problemas, no entanto. O primeiro é que uma decisão por parte do banco não deve ser tomada antes das eleições. O segundo é o risco de o Palmeiras, que vive flertando com o rebaixamento, cair para a Série B, o que desvalorizaria mais um pouco a camisa do clube.

O ministro Aldo Rebelo, do Esporte, não irá se misturar nas negociações.

O departamento de marketing palmeirense, assim como o do futebol, tem sido alvo de severas críticas pelo fracasso em conseguir um parceiro que estampe sua marca na camisa do time. Tanto que a cúpula que o dirigia, recentemente, foi afastada de suas atribuições. Vamos ver se agora a coisa melhora…



MaisRecentes

A cabeça de Neymar



Continue Lendo

Crise no Peru



Continue Lendo

Coronel Nunes de fora



Continue Lendo